Trânsito

Jaraguá do Sul licita serviços para sinalização semafórica

Foto: ISANDRO FIAMONCINI

O Município, por meio da Secretaria de Administração, lançou uma licitação na modalidade de tomada de preços, pelo regime de execução do contrato de empreitada por preço unitário, para contratação de empresa para prestação de serviços de engenharia com fornecimento de materiais e mão de obra para retiradas e instalações de sinalização semafórica em sete cruzamentos.

Os envelopes com a documentação para habilitação e proposta comercial deverão ser entregues e protocolados até as 10h do dia 18 de novembro na Prefeitura, para abertura em seguida. O valor de referência (orçamento) é de R$ 228.327,73. O investimento se refere as alterações viárias em ruas centrais. Os semáforos são os seguintes: Marechal Deodoro/João Piccoli, Marechal Deodoro/Guilherme Weege, Procópio Gomes/Domingos da Nova (cemitério), Getúlio Vargas/Esthéria Lenzi Friedrich, Getúlio Vargas/Emílio Carlos Jourdan (Shopping), Max Wilhelm/Fritz Bartel e Adélia Fischer/Max Wilhelm/Jorge Czerniewicz.

Alterações mais complexas serão feitas no período de férias

Outras mudanças previstas. O acesso à Vila Baependi, para quem vem da Procópio Gomes hoje pode virar à direita (direção da Ponte Olavo Marquardt), ou seguir em frente na direção do Banco do Brasil. Com alteração somente será possível fazer a conversão à direita na Ponte Olavo. O objetivo é eliminar um dos três tempos do semáforo. A Rua Max Wilhelm (da Rádio Jaraguá) vai inverter o sentido. Pela Ponte Olavo Marquardt não haverá mais a conversão à esquerda (direção da Ponte Abdon Batista), mas somente a direita, seguindo na direção leste, passando aos fundos do Fort Atacadista para acessar a Rua Adélia Fischer ao lado do posto (haverá possibilidade de acesso antes e depois do posto). A Adélia Fischer (Morro da AABB) terá somente sentido centro. A pista que hoje vai ao Baependi e Vila Lalau não existirá mais.

Para acessar a Rua Bernardo Dornbusch apenas pela Rua Max Wilhelm passando pela Rua Fritz Bartel, ou antes, ao lado do Fort Atacadista. A Rua Adélia Fischer terá faixas nos sentidos Centro e Czerniewicz. Serão quatro faixas, duas diretamente ao centro e duas ao Czerniewicz, com a variante à esquerda para a Max Wilhelm. A Rua Esthéria Lenzi Friedrich (do Colégio Evangélico), terá o sentido invertido. Passará da Getúlio Vargas à Epitácio Pessoa e a Emílio Carlos Jourdan (do Shopping) terá somente o sentido Epitácio/Getúlio. Com a mudança na Esthéria, haverá aumento de 18 vagas para estacionamento e para 10 motos.

Alterações anunciadas em agosto ainda não tem data para acontecer

As alterações no trânsito haviam sido anunciadas no início de agosto, quando a Diretoria de Trânsito e Transporte da Prefeitura detalhou as mudanças que serão implantadas para eliminar gargalos e dar mais fluidez no trânsito de veículos e pedestres na área central de Jaraguá do Sul. No estudo, foram aproveitados levantamentos feitos pelo Instituto Jourdan e dentro do estabelecido pelo Plano Municipal de Mobilidade Urbana de Jaraguá do Sul.

Entre as mudanças está a inversão de sentido das Ruas Guilherme Weege e João Piccoli, que fazem a ligação entre a Reinoldo Rau e a Marechal Deodoro. O semáforo da saída do Hospital São José será mudado e ficará defronte à Farmácia Catarinense, onde a Rua Guilherme Weege passará para o sentido Reinoldo/Marechal, para facilitar o acesso das ambulâncias.

Em contrapartida, a João Piccoli mudará da Marechal para a Reinoldo. A Domingos da Nova continuará com mão dupla entre a Ferdinando Pradi e a Reinoldo Rau, mas no trajeto entre a Procópio Gomes e a Reinoldo, ficará com mão única em direção a Reinoldo Rau. Quem vier da ponte da Rede Feminina, ou da Procópio Gomes terá a direita livre, com sinal fechando apenas para pedestre.

Com isso, será proibido o acesso à Rua Prefeito Augusto Gerent (fundos do cemitério) pela Domingos da Nova, por ser muito estreita para os dois sentidos. Ela terá sentido único e para acesso a ela somente pela Guilherme Weege à direita ou à esquerda, para acessar a Domingos da Nova ou a Rua Cabo Harry Hadlich. Para acessar a Procópio Gomes, uma das saídas é a Rua Cabo Harry Hadlich (Verdureira da Raquel) ou outras vias alternativas próximas. A Rua Ferdinando Pradi, entre a Domingos da Nova e a Guilherme Weege passa a ser também mão única.

Notas

PLANO DIRETOR - A Prefeitura de Guaramirim, por meio da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Urbano realizou ontem (6), a penúltima audiência pública de apresentação do Plano Diretor. O próximo (e último) acontece no dia 13 de novembro, na Câmara de Vereadores. Com ela, fecha as cinco audiências previamente programadas, onde os participantes se envolvem e discutem sobre este instrumento norteador da política de desenvolvimento municipal.

Vereador quer áreas de alagamentos mapeadas - O vereador Celestino Klinkoski mostrou preocupação com os alagamentos causados pelas chuvas do último final de semana em Jaraguá do Sul. Segundo ele, o volume de precipitação chegou a 55 mm no domingo à tarde e vários pontos da cidade sofreram com a água. Ele citou como exemplo um local no bairro Rio da Luz onde os moradores ficaram isolados por conta da enchente. O parlamentar lembra que já pediu à Prefeitura que restaure a tubulação da localidade e que troque por tubos novos, porém não foi atendido.

Klinkoski sugeriu que o município faça um trabalho de identificação dos locais de maior risco de alagamento. A partir desse mapeamento, a Secretaria de Obras poderá realizar a limpeza das tubulações e as obras de drenagem para evitar novos transtornos. O vereador também pede que a população ligue na Ouvidoria da Prefeitura (0800 642 0156) para que se possa fazer o mapeamento. Ele alerta que essa foi a primeira grande chuva que ocorreu neste semestre e que há muitas outras por vir com o verão que está por vir.

Estado vai duplicar trecho da SC-108 na região de Joinville - A ordem de serviço para início da obra de restauração e duplicação da SC-108, em Joinville foi assinada na terça-feira (5) pelo secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Carlos Hassler. A iniciativa faz parte do programa Novos Rumos, um pacote de intervenções estratégicas do Governo do Estado para melhorar a infraestrutura catarinense.

O trecho, de pouco mais de 5 quilômetros, liga a BR-102 ao Distrito Industrial de Joinville onde estão localizadas mais de 200 empresas. O processo licitatório começou em 2017, mas só foi finalizado em 2018, aguardando desde então a ordem de serviço.

Atualmente sem qualquer manutenção, é por este trecho da rodovia que escoa boa parte da produção industrial do município. As obras se estenderão do entroncamento da BR-101 até a Rua Tenente Antônio João, passando pelas Ruas Hans Dieter Schmidt e Edgar Nelson Meister, e o acesso à Rua Dona Francisca.

 

Tubulação maior para escoamento - O vereador Arlindo Rincos (PSD) criticou a Administração Municipal em continuar implantando tubos de 40 centímetros em vias estruturais do município. Ele mostrou imagens que moradores fizeram no último final de semana mostrando alagamentos em vários pontos de Jaraguá do Sul. Segundo ele, as ruas foram alagadas com menos de meia hora de chuva intensa. Rincos lembrou que ele foi autor de um projeto de lei que proibia o município de implantar tubos com menos de 80cm nas vias estruturais da cidade, porém o projeto não foi aprovado porque esta é uma matéria em que apenas o Executivo pode deliberar. Ele pediu que a Prefeitura envie um projeto nos mesmos moldes para a Câmara, lembrando que o custo não sofre grandes variações pela bitola dos tubos.

Juraszek informa compra de saibreira - O vereador Eugênio Juraszek anunciou que o projeto de lei que vai permitir à Prefeitura comprar uma saibreira no Garibaldi na Câmara, o que vai possibilitar a retirada do material para a macadamização das ruas, principalmente nas áreas rurais. A ideia, segundo disse, é que o projeto seja votado ainda na sessão de quinta-feira (7). Juraszek observou que a luta para a aquisição é de oito anos, pelo menos. Outra observação refere-se à análise prévia do solo nas ruas que recebem pavimentação, o que dá segurança de que a deterioração não ocorra como até então.

 

Agenda

Ver todos