Últimas colunas

A PROPÓSITO 16.07.2019

A foto, de 1983, mostra a equipe de ciclismo de Jaraguá do Sul. Da esquerda para a direita, Henry Pasold , Márcio Mann, Silvio Ewald , Cláudio Kelbert e Sílvio Roberto Ewald. Representando Jaraguá do Sul em centenas de competições, Ewald tornou-se um ícone do ciclismo catarinense, conquistando 478 medalhas e 84 troféus. Foi por três vezes campeão catarinense e quatro do Norte-catarinense, além de uma medalha de ouro, quatro de prata e quatro de bronze em competições nacionais. Também foi medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos neste mesmo ano (1983) na Venezuela. (Fonte: Antigamente em Jaraguá do Sul/postado por Marcio Milcke).

Por Celso Machado

POLÍTICA & POLÍTICOS 16.07.2019

Lixo reciclável - O incremento à cadeia de reciclagem, com ênfase no processo de coleta seletiva em municípios catarinenses é a proposta que o deputado Volnei Weber (MDB) levou ao Ministério do Meio Ambiente, em Brasília. O projeto "Onda da Reciclagem" envolve a difusão de pontos de coleta com projeto desenvolvido e patenteado no Estado. A ideia é criar experiência pioneira instalando torres de coletas com mecanismo de esteiras para facilitar a elevação do material depositado, viabilizando o transporte até os pontos de triagem.

Por Celso Machado

TURISTANDO 12.07.2019

"Pra dançar, dançar, dançar e ser feliz Festival de emoções do meu país..." Esse é o refrão que contagia pés e corações na maior cidade do Estado esse mês. Um espetáculo ímpar, o maior do Festival de Dança do Mundo, segundo o Guinness 2005, entra pra sua 37° Edição num mundo de coreografias, figurinos, sons, formas e sincronia que são de tirar o fôlego, literalmente. Joinville respira dança em julho e a gente mostra ainda mais pra você na coluna mais lida dessa página, nesse jornal, nesse dia de semana.

Por Rodrigo Ademir da Silva e Elvira Maria Radwanski

POLÍTICA & POLÍTICOS 12.07.2019

Não "enche" 1 - A partir da semana que vem os serviços de telemarketing de TV por assinatura, Internet, Algar, Claro/Net, Nextel, Oi, Sercomtel, Sky, TIM e Vivo ficam proibidos de incomodarem as pessoas com ligações diárias oferecendo planos "vantajosos" e outros serviços. Para isso, todas terão de criar, neste prazo, uma plataforma única na Internet onde o consumidor poderá registrar dados pessoais e o número do telefone para não ser mais perturbado. É o que diz a lei 13.853/2019, sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL). Para as empresas que insistirem a multa pode chegar a R$ 50 milhões.

Por Celso Machado

POLÍTICA & POLÍTICOS 11.07.2019

Impostos x benefícios - O Brasil, com uma carga tributária de 34,25% (a 15ª maior do mundo) sobre tudo o que se produz, é o último colocado, numa lista de 30 países, em retorno de serviços à sociedade por conta dos impostos pagos, aponta estudo do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação. A Irlanda (22.8%), pela segunda vez, figura em primeiro lugar. Em 2º lugar ficou a Austrália e em 3º a Suíça. Desde que esse estudo começou a ser feito, há oito anos, o Brasil está na 30ª colocação, atrás de países como Uruguai (18º) e Argentina (19º). Mas, ao contrário do que se possa pensar, não é por falta de receita. Ontem (10), às 10h22 da manhã, o governo federal já havia arrecadado R$ 1,301 trilhão desde janeiro, antecipando em dez dias a mesma arrecadação no mesmo período do ano passado.

Por Celso Machado

Calculadora mental

O conceito "calculadora mental" foi criado pelo ganhador do Nobel de Economia de 2017, Richard Thaler. Ela busca explicar uma tendência das pessoas em separar o seu dinheiro em diferentes categorias, ou "contas mentais", baseado em critérios completamente subjetivos como a fonte de recebimento do dinheiro ou a sua intenção de uso.

Por Cristiano Mahfud Watzko

POLÍTICA & POLÍTICOS 10.07.2019

Censo obrigatório - A partir de agora os censos demográficos vão incluir dados e informações específicos sobre pessoas com autismo. Projeto de lei da deputada federal Carmem Zanoto (Cidadania) foi aprovado pelo Senado e agora segue para a mesa do presidente Jair Bolsonaro(PSL) para ser sancionado. E gerar políticas sociais específicas. Atualmente não existem dados oficiais sobre as pessoas com transtorno do espectro autista. Estima-se que 70 milhões de pessoas no mundo tenham autismo, sendo 2 milhões delas brasileiros. Mas, nunca se fez um levantamento para identificar esse contingente da população, embora a Lei 12.764, de 2012, que colocou o autismo como deficiência. Hoje, no Brasil, se demora em média sete anos para que se tenha o diagnóstico de autismo, enquanto nos Estados Unidos isso ocorre em até três anos.

Por Celso Machado

A PROPÓSITO 09.07.2019

A foto é dos anos 1940 e mostra a Rua Marechal Deodoro da Fonseca, o "calçadão" que conhecemos hoje já em sua terceira versão- a primeira foi inaugurada pelo ex-prefeito Durval Vasel nos anos 1990. O nome da rua é uma homenagem ao militar e político alagoano nascido em 5 de agosto de 1827. Foi o primeiro presidente do Brasil eleito pelo Congresso e uma das figuras centrais da Proclamação da República. Governou entre 15 de novembro de 1889 e 23 de novembro de 1891, ano em que foi promulgada a primeira Constituição do País. Neste mesmo ano, pressionado por militares e parte da população adeptos do federalismo, renunciou ao mandato. Morreu no ano seguinte, em 23 de agosto, vítima de uma crise de dispneia (falta de ar). (Fonte: Antigamente em Jaraguá do Sul/foto postada por Valdecir Gracias)

Por Celso Machado

POLÍTICA & POLÍTICOS 09.07.2019

Moisés em alta - Pesquisa do Instituto Mapa aponta que o governo de Carlos Moisés da Silva (PSL) tem 66% de aprovação dos catarinenses. São 18% que desaprovam e 16% que não responderam. Na comparação com pesquisa anterior, realizada em abril, a aprovação de Moisés subiu 11 pontos percentuais. Sobre a expectativa, os dados mostram que 68% dos catarinenses esperam uma melhora do governo nos próximos meses. Também há aqueles que apostam que a gestão vai continuar igual (20%), que vai piorar (7%), e os que não responderam (5%). Quase metade dos entrevistados (47%) avalia o governo como ótimo ou bom. São 37% que avaliam como regular, e 8% que analisam como ruim ou péssimo. Além de 8% que não responderam.

Por Celso Machado

TURISTANDO 05.07.2019

Se à véspera de natal os perus não dormem de tanta aflição, agora é a época dos suínos ficarem de pelos em pé. Sim senhoras e senhores, chegamos à época das deliciosas feijoadas. Não tem um só boteco de esquina que sirva comida boa que não se aventure, ora ou outra, num tacho dessa iguaria. Mas não é só de caldinho que se vive a vida. Por isso vamos mostrar as opções mais badaladas para se turistar por esse sul do mundo.

Por Rodrigo Ademir da Silva e Elvira Maria Radwanski

POLÍTICA & POLÍTICOS 05.07.2019

Reação 1 - O voto contrário de dois vereadores da base parlamentar do prefeito Antidio Lunelli (MDB) ao projeto do Executivo pondo fim ao ponto facultativo entre os dias 24 de dezembro e 1º de janeiro, já teve resposta. Até ontem (4), pelo menos oito servidores indicados por eles para cargos comissionados já haviam sido demitidos sumariamente.

Por Celso Machado

POLÍTICA & POLÍTICOS 04.07.2019

Permanece a folga - Depois de aprovar em primeira votação o fim do ponto facultativo (remunerado) entre 24 de dezembro e 1º de janeiro na Prefeitura de Jaraguá do Sul, em segunda votação, na terça-feira (2) o projeto do prefeito Antidio Lunelli (MDB) foi rejeitado. Em manobra estratégica, Arlindo Rincos (PSD), que antes havia votado contra, se absteve. Com isso, não foi preciso o "voto de minerva" do presidente Marcelindo Gruner (PTB), que havia desempatado a primeira votação "a favor". E nem se alcançou o placar exigido de seis votos para aprovar em definitivo. E mudar um "direito" dos servidores (artigo 262 do regime jurídico único da categoria), sancionado pelo ex-prefeito Dieter Janssen (PP) em 2014 por lei aprovada na Câmara.

Por Celso Machado
1 2 3 ... 5