Menu
Segunda-feira | 23/07/2018 « Voltar
Coluna 15/11/2017
Divulgação

Liberdade de Pensar

É perceptível que a humanidade vive um momento delicado, onde os verdadeiros valores humanos parecem se perder no tempo. Há uma busca exacerbada por uma formação profissional, por se dar bem na vida, na conquista de bens material. A humanidade está desacreditada no ser humano, não se confia mais nos governantes, não se acredita nas instituições, não se acredita nos países, na verdade, me parece que a esperança de um mundo melhor e de uma conduta digna, com retidão, deixaram de ser objetivos humanos. Mas por que isso? Onde está a causa?

O pensador Gonzales Pecotche (criador da Logosofia) esclarece ao ensinar: “Disse uma vez, talvez várias vezes, que o homem havia deixado de pensar. Muitos, talvez, tomaram essa afirmação com certa prevenção, porém, infelizmente é essa uma verdade e como tal, factível de ser conhecida por todos. Deixaram de pensar faz muito tempo e daí que se assenhoraram nas mentes os pensamentos daqueles que haviam de submeter a humanidade a escravidão mais cruel e impiedosa. Desde então foram muitos os que acreditavam que pensavam porque obedeciam aos pensamentos que lhes eram inculcados.

E assim foi que desde séculos foi se adentrando no homem o temor a pensar por sua conta.” Ao não ensinar o homem a pensar, livre de preconceitos e de temores, forma-se a multidão anônima, sem condições de identificar que pensamentos estão conduzindo sua vida. Esta é a causa, a falta de conhecimentos que permita ao homem identificar o que é melhor para si e também ter defesas contra pensamentos que afrontam seus valores e os princípios humanos. A Logosofia apresenta um método próprio onde aprendo a identificar em mim mesmo o que é o bem e o que é o mal.

Permite conduzir minha vida de modo a resgatar a confiança humana, a fazer o bem, a ter buscas elevadas como ser humano, dando verdadeiro sentido à minha vida. Aprendi que ao conhecer a mim mesmo, minhas virtudes, minhas deficiências, pensamentos em minha mente, consigo ter em minhas próprias mãos a condução de minha vida. Este conhecimento permite criar defesas mentais contra o mal que a ignorância e o temor provocam na humanidade. Permite mais, permite deixar de viver no mundo quimérico para viver no mundo real. E você, é livre para pensar?

Jackson da Costa Bastos - Docente da Fundação Logosófica de Jaraguá do Sul


Jackson Bastos

« Voltar
Jornal do Vale do Itapocu - Tel.: (47) 3275-0633 | 3371-1182 - Rua 25 de Julho, 1936 - Jaraguá do Sul - SC Desenvolvido por Empresadois