Menu
Terça-feira | 11/12/2018 « Voltar
Coluna 21/02/2018

Safadeza

 SAFADEZA – A maldade humana não respeita os vivos, quanto mais os mortos. Esta semana o Município de Jaraguá do Sul registrou ocorrência junto a Polícia Militar e a Delegacia de Polícia Civil informando sobre o furto de placas de metal no cemitério da Vila Lenzi. Cerca de 50 placas foram retiradas das lápides à noite, repetindo o que havia ocorrido em 2015, mas em menor proporção. O Governo Municipal distribuiu alerta às fundições e ferros velhos para que informem sobre indivíduos tentando vender esses objetos. Lamentavelmente a ocorrência não é isolada. Guaramirim também registrou furtos no cemitério central, há duas semanas.

 ATO CÍVICO – Grupo de alunos da Escola Abdon Batista se reúne na tarde desta quarta-feira (21) em frente ao Monumento do Expedicionário, em Jaraguá do Sul, para lembrar os 73 anos da Tomada de Monte Castelo. Eles vão cantar a Canção do Expedicionário, que é o hino à bravura dos soldados da FEB, estes sim verdadeiros heróis nacionais, que foram defender a paz mundial na Itália, na 2ª Guerra. É algo incomum para os dias de hoje. O ato começa às 15h. A data da memorável conquista é 21 de fevereiro. Sábado, às 10h30, a homenagem será em Corupá.

 O NOVO – O Partido Novo de Schroeder realizou no sábado, no semáforo, o evento O Novo na Rua, com entrega de material e convite para o ato que vai realizar no dia 22, quinta-feira, na Câmara de Vereadores, às 19h30min. O coordenador Maikel Laube informa que o partido vai apresentar suas propostas, valores e princípios, durante encontro aberto à comunidade. O Novo deve lançar candidato a deputado federal. Leandro Schmöckel Gonçalves deve ser o nome. Já passou por diversas etapas da seleção, modelo que o partido tem para indicar suas candidaturas.

 BIOMETRIA – Cerca de 100 pessoas foram atendidas no primeiro dia de cadastramento biométrico na biblioteca de Schroeder. O TRE-SC montou um posto descentralizado, com apoio da Prefeitura, com seis terminais de atendimento. Até 30 de abril, os eleitores schroedenses podem se cadastrar das 13h às 17h, munidos da documentação. O atendimento é feito por ordem de chegada, onde o eleitor ganha uma senha. Cumpridas as formalidades, sai com o título na mão. Nas eleições de outubro, a votação será híbrida, ou seja, pela biometria e convencional.

 CAMPANHA – O Tribunal Superior Eleitoral iniciou campanha para lembrar o prazo final de 9 de maio para regularização do título. Esse é também o prazo para que pessoas com deficiências informem à Justiça Eleitoral o remanejamento para uma seção adaptada. A eleição deve ser marcada por protestos. Muitos dizem que não votarão, ou que votarão em branco. Não se deve fazer isso. Os cargos em disputa serão preenchidos de qualquer maneira. Quem não está satisfeito com o que está aí, dê o bilhete vermelho e vote em outro. Mas, não deixe de votar.

 TOMBAMENTO – Requerimento votado na sessão de ontem (20) de autoria do vereador Marcelindo Gruner pede a presença de Marco Antônio Minozzo Gabriel, chefe de serviço do Iphan em SC, para falar sobre suas atividades e esclarecer acerca do tombamento do Bairro Rio da Luz. O conjunto rural foi tombado em dezembro de 2007 e integra os Roteiros Nacionais de Imigração.


Flávio José Brugnago

« Voltar
Jornal do Vale do Itapocu - Tel.: (47) 3275-0633 | 3371-1182 - Rua 25 de Julho, 1936 - Jaraguá do Sul - SC Desenvolvido por Empresadois