Menu
Quinta-feira | 21/06/2018 « Voltar
Coluna 09/03/2018

Janela Aberta

 JANELA ABERTA – Desde ontem e até a meia noite do dia 6 de abril, os deputados federais e estaduais que desejem se candidatar nas eleições de 2018 podem mudar de partido sem correr risco de perder o mandato. É a chamada “janela partidária” que não beneficia vereadores, porque não haverá eleições este ano. E foi por isso que o deputado federal João Paulo Kleinübing deixou o PSD e retornou ao DEM. Hoje (9) deve anunciar a pré-candidatura a governador de SC. O deputado está deixando o PSD e como ele, outros devem deixar a sigla, inclusive em Jaraguá do Sul.

 BRASIL 200 – Foi expressivo e acima da expectativa a presença do público no lançamento estadual do Movimento Brasil 200, com o CEO Flávio Gurgel Rocha, terça à noite, em Jaraguá do Sul. Suas ideias foram bem aceitas e o termômetro foi os prolongados aplausos. Como ele diz, é uma luta de 98% da população brasileira que trabalha e empreende contra os que poucos fazem e parasitam, à custa dos privilégios públicos. Rocha acredita que dá para virar o jogo. O futuro presidente, no seu conceito, precisa ser liberal na economia e conservador nos costumes.

 NA POLÍTICA – Ontem (8) choveram congratulações, homenagens e celebrações pelo dia internacional da mulher. Merecido, claro, mas também exagerado. A mulher representa 51,7% da população brasileira e 44,27% dos filiados a partidos políticos. Nas eleições municipais de 2016, somente 31,6% dos candidatos a cargos eletivos eram mulheres. No Congresso Nacional, apenas 10,94% de parlamentares são do sexo feminino. Dos 496.896 concorrentes aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador, naquele ano, somente 158.453 eram mulheres. É muito pouco.

 NA POLÍTICA 1 – Dos 14.418 nomes que concorreram às prefeituras, apenas 2.150 (12,98%) eram mulheres e para vereador, 153.315 candidatas, ou 33,09% do total. Outro dado interessante. Em 2016, mais de 16 mil candidatos terminaram a eleição sem ter recebido sequer um voto, ou seja, nem o próprio candidato votou em si, mesmo com o registro deferido. Desse total sem votos, 14.417 eram mulheres e apenas 1.714 eram homens. São dados oficiais, do TSE. Isso mostra claramente que os partidos utilizaram candidatas “laranjas” para fechar a cota.

 NA POLÍTICA 2 – Ainda em relação ao pleito de 2016, do total de 5.568 municípios, em 1.286 deles não houve nenhuma mulher eleita para o cargo de vereador e em apenas 24 cidades as mulheres são a maioria nos parlamentos municipais. Na região, foi mínimo o número de eleitas. Massaranduba e Guaramirim não elegeram nenhuma mulher, Jaraguá e Corupá uma cada e Schroeder duas. Em Schroeder, a presidência da Câmara está confiada a uma mulher, pela primeira vez em sua história. É fato a ser comemorado em se tratando de mulheres na política.

 VOTO IMPRESSO – A Justiça Eleitoral vai adquirir 30 mil impressoras que serão acopladas às urnas. Vai atender a totalidade somente em 2028. Caberá aos TREs definir quais cidades e seções terão a medida implantada nas eleições de outubro. O módulo impressor do voto está definido em lei, mas a implantação será gradual devido ao custo. O eleitor poderá conferir por meio de um visor. Não terá a “cola” dos seus votos para levar para casa. Será que algum município da região será contemplado?


Flávio José Brugnago

« Voltar
Jornal do Vale do Itapocu - Tel.: (47) 3275-0633 | 3371-1182 - Rua 25 de Julho, 1936 - Jaraguá do Sul - SC Desenvolvido por Empresadois