Menu
Sábado | 20/04/2019 « Voltar
Coluna 29/03/2019

Política & Políticos

Nem sim, nem não - A coordenadora-geral de restabelecimento e reconstrução da Defesa Civil Nacional, Rosilene Cavalcanti, recebeu em seu gabinete, em Brasília, o secretário estadual da Defesa Civil de Santa Catarina, João Batista Cordeiro Júnior. A conversa girou em torno da rodovia SC-108, interditada em trecho de Guaramirim (Vila Freitas) desde a madrugada do dia 18 de fevereiro por conta de um deslizamento. O Estado quer dinheiro federal para fazer o projeto e a obra. Mas, para isso, precisa da homologação do decreto de situação de emergência do governador Carlos Moisés (PSL). Segundo o Portal da Transparência da Procuradoria Geral da União, o orçamento de 2019 da Defesa Civil Nacional é de R$ 73,30 bilhões. Mas, mesmo assim, ainda não se tem garantia de um centavo sequer. E todo o resto é discurso vazio.

Oi, Oi, Oi? - Nem um simples “oi”. A queixa é do vereador Eugênio Juraszek (PP) que, em requerimento, convidou representantes da Oi para irem à Câmara explicar o péssimo serviço que a empresa presta em áreas rurais de Jaraguá do Sul- e, acrescente-se, todas elas, incluindo perímetros urbanos da região. Neste caso específico, por conta da queda de um poste há mais de seis meses, em Garibaldi, por onde passam os cabos da empresa.

Pois é - O que leva um vereador a gastar tempo na Câmara para agradecer uma secretaria municipal por ter colocado saibro em uma rua? Ora, exceto se o vereador consegue favores pessoais de secretários da Prefeitura ou diretores de setores, ao contrário, não há nada para agradecer. E sim questionar, sempre, o porquê de não se fazer o que é pertinente à rotina destas estruturas.

ECAD - Deputado estadual Marcius Machado (PR) reclamou de multas aplicadas pelo ECAD a hotéis e motéis porque hóspedes assistem TV, incidindo em direitos autorais por conta da transmissão em locais frequentados pelo público. Em SC, multas chegam a R$ 40 mil. Mas, no caso de motéis, será que alguém vai pra lá para assistir o William Bonner no Jornal Nacional?

Blá, blá, blá - Vereadores catarinenses estão em Florianópolis desde ontem (27) em mais um encontro da categoria financiado pelo contribuinte. A maioria, como sempre, voltará para casa amanhã (29) sem se dar ao trabalho de mostrar que, na prática, estas reuniões não dão resultados para as comunidades que representam. Mesmo porque o saldo é um zero à esquerda.

Vai esperando - O Estado propôs reforma administrativa para gerar economia de R$ 500 milhões em quatro anos. Ironicamente, terá de ter a aprovação da Assembleia Legislativa. Que em 2018 gastou R$ 15,9 milhões/ano com cada um dos 40 deputados. A promessa do presidente Júlio Garcia (PSD) para 2019 é economizar pífios R$ 13 milhões ao ano nos gastos globais. Judiciário, Tribunal de Contas, Ministério Público? Nem pensar.

Transporte - A Câmara aprovou projeto do prefeito Antídio Lunelli (MDB) concedendo isenção do ISS à Viação Canarinho. O que pode representar R$ 0,15 a menos no próximo reajuste das passagens. Agora, em proposição de Arlindo Rincos (PSD), que se absteve na votação, por unanimidade aprovaram audiência pública, em abril, para discutir o mesmo projeto de lei. Perguntar não ofende: o correto não seria exatamente o inverso?

Urgente!- Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, por sugestão do deputado Vicente Caropreso (PSDB) quer que o Ministério da Saúde disponibilize, com urgência, vacinas contra a meningite meningocócica. Dados da Vigilância Epidemiológica estadual mostram que houve 89 casos com 16 mortes em 2018. É o maior registro de óbitos no Estado desde 2007.

O Bar do Puli

Centro das conversas políticas de Jaraguá do Sul durante décadas, o lendário Bar do Puli fechou as portas há 41 anos. Era uma sexta-feira, 31 de março de 1978 (este ano, um domingo). Com raras citações na memória da cidade e sem arquivo de fotografias de acesso público, tinha a fama de “boca maldita”, como outros lugares do Centro da cidade, onde nomes de destaque da sociedade local se reuniam diariamente. Funcionava em um imóvel ao lado da antiga Prefeitura (atual Museu Emílio da Silva) onde hoje está a Lojas Salfer (Ricardo Eletro). Entre um gole e outro intercalados com bolinhos de carne, rollmops e ovos na conserva, foi palco de importantes decisões políticas e administrativas. No mesmo imóvel também funcionou por longos anos a barbearia de João Reiser.


Celso Machado

« Voltar
Jornal do Vale do Itapocu - Tel.: (47) 3275-0633 | 3371-1182 - Rua 25 de Julho, 1936 - Jaraguá do Sul - SC Desenvolvido por Empresadois