Menu
Sexta-feira | 24/05/2019 « Voltar
Coluna 15/05/2019
IMG/Divulgação

Política & Políticos

Pomerode cobra conclusão de obra na SC 110

Vereadores de Pomerode cobraram do deputado Ricardo Alba (PSL/Blumenau), também presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Vale do Itajaí criada na Assembleia Legislativa, a conclusão das obras na SC-110, a partir do pé da serra em direção ao município. O presidente do Legislativo, Zauri Martins do Nascimento (PSDB), com muita propriedade, lembrou que no governo de Raimundo Colombo (PSD) se fez uma “pequena revitalização” da rodovia (foto) apenas no trecho de Jaraguá do Sul. Serviço incompleto, diga-se, entregue em novembro de 2017 e que custou R$14 milhões. Na Câmara de Jaraguá do Sul, diga-se também, onde a revitalização do trecho consumiu horas de falatório (foram quatro anos em obras) a conclusão do projeto não tem sido motivo de preocupação. Muito menos no perigoso trajeto da serra, sem sinalização e onde o mato cresce viçoso, como se isso não fosse da nossa conta.

Sem empréstimo- Prefeito Antídio Lunelli (MDB) desistiu dos US$ 50 milhões (cerca de R$ 250 milhões) pretendidos junto ao Banco de Desenvolvimento da América Latina e anunciado em 2017 pelo vice-prefeito Udo Wagner (PP) como sendo a redenção do sistema viário, transporte coletivo urbano, saneamento e revitalização de espaços urbanos degradados. A incerteza sobre quem será o próximo prefeito determinou o recuo, disse Lunelli. Precisa desenhar?

“Futuro”- Joares Ponticelli (PP), ex-deputado estadual, atual prefeito de Tubarão e presidente da Federação Catarinense de Municípios, vaticina: “ou mudamos esse centralismo (de recursos) em Brasília ou o futuro dos municípios de Santa Catarina será o mesmo do Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre”. Referência a três capitais com suas prefeituras falidas.

Dizem- Depois de 10 anos fora da Assembleia Legislativa, tempo em que atuou como conselheiro do Tribunal de Contas do Estado e para onde retornou para um sexto mandato (terceiro mais votado entre os 40 eleitos), já se especula que o deputado Júlio Garcia (PSD) é um dos nomes fortes para disputar o governo do Estado em 2022.

No BRDE- O ex-senador Neuto de Conto (MDB), deixa a presidência do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul, mas continua lá. Agora é diretor de Acompanhamento e Recuperação de Crédito, indicado pelo governador Carlos Moisés (PSL). O BRDE é controlado politicamente pelo Mato Grosso, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. De Conto assumiu como senador em 2007 na vaga de Leonel Pavan (PSDB), de quem era 1º suplente.

Imposição- Vereador James Schroeder (PDT) é autor de projeto de lei obrigando que pais de alunos de todos os anos, ou seus responsáveis, (inclusive infantil) apresentem, obrigatoriamente, a carteira vacinação em dia no ato da matrícula em escolas públicas e privadas de Joinville. A falta delas ganha prazo de um mês para regularização. Eis aí uma boa ideia que pode ser copiada por aqui. Campanhas de conscientização ajudam, mas a imposição, muito mais.

Uma praga- Schroeder é um dos municípios do Vale do Itapocu onde a infestação dos chamados caramujos africanos, uma verdadeira praga urbana presente há anos na região, continua. O que levou o vereador Giovani Fodi (PSB) a propor campanhas educacionais e sanitárias, principalmente nas escolas. Com cartilhas explicativas sobre como proceder no controle da espécie. Que traz grandes prejuízos à agricultura e à saúde humana.

Voluntários- Deputado Vicente Caropreso (PSDB) trata na Casa Civil da renovação de convênio com a Associação dos Bombeiros Voluntários de Santa Catarina, presidida pelo empresário Moacir Thomazi, ex-dono do jornal “A Notícia”, de Joinville. A ABV tem 31 sedes e atende a 50 municípios que representam 1,6 milhão de pessoas. Incluindo Jaraguá do Sul, Schroeder, Corupá, Guaramirim e Massaranduba. Recursos do Estados são fundamentais. Entre 2013 e 2017, repasse de apenas R$ 7 milhões rateados entre todos.

Caixa preta?- Em campanha à presidência do diretório estadual do MDB, rachado desde as eleições de 2018 por conta do desastre nas urnas, o deputado federal Celso Maldaner esteve em Jaraguá do Sul para encontro com emedebistas. E com discurso falando em “olho no olho”, “transparência” e prestação mensal das contas. Porque, enfatiza o deputado, “trata-se de dinheiro público”. Insinuando- e não há outra interpretação- irregularidades.

Cidadão honorário- Nas comemorações dos 27 anos de fundação do município (19 de março de 1992) a Câmara de Vereadores de São João do Itaperiú incluiu a concessão de título de cidadão honorário ao ex-governador Raimundo Colombo (PSD). Entregue ontem (14). Lá, nas eleições de 2018 pára senador, ele o foi o quinto colocado, com 581 votos. Em 2014, Colombo sancionou lei reconhecendo o município como a Capital Catarinense da Carne Bovina e Ovina. Em projeto do deputado Darci de Matos (PSD). Detalhe: a Câmara de São João (nove cadeiras) tem quatro vereadores do PMDB e um do PSDB, todos adversários de Colombo em 2018. PP e PSD, apoiadores dele no ano passado, ocupam as outras vagas.


Celso Machado

« Voltar
Jornal do Vale do Itapocu - Tel.: (47) 3275-0633 | 3371-1182 - Rua 25 de Julho, 1936 - Jaraguá do Sul - SC Desenvolvido por Empresadois