Menu
Quinta-feira | 21/03/2019 « Voltar
Notícia . Política 21/12/2018
Vereador apresentou duas propostas para estudo do Executivo. Imagem: Divulgação

Kassner quer casa para mulheres vítimas de violência

O vereador Anderson Kassner defendeu duas propostas que beneficiam as mulheres vítimas de violência doméstica durante a sessão de terça-feira (18), na Câmara Municipal. O presidente do Legislativo manifestou a sua preocupação com o crescente número de crimes de ameaça, lesão corporal, estupro, entre outros, contra as mulheres. Ele destacou que foram registrados 735 casos de violência doméstica contra mulher no primeiro semestre de 2018, o que representa 69% a mais do que o registrado no mesmo período de 2017 e 85% a mais do que o primeiro semestre de 2016, conforme a Delegacia de Polícia da Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI).

Os dados repassados ao gabinete de Kassner registram quatro principais crimes de violência doméstica: ameaça, lesão corporal, injúria e estupro. “Os números crescentes de casos de violência contra mulher nos mostram que a defesa das causas das mulheres é mais do que necessárias, elas são urgentes” enfatizou. Como medidas de apoio às mulheres que estão vivendo em situação de violência doméstica, Kassner está propondo ao Executivo a implantação de uma Casa Abrigo, onde poderão ficar acompanhadas dos filhos por um período entre 90 a 180 dias para garantir a integridade física e emocional das mulheres e auxiliar no processo de reorganização de suas vidas e no resgate de sua autoestima.

Outra possibilidade para o Executivo analisar é a implantação de uma Casa de Acolhimento, onde as mulheres poderão permanecer por até 15 dias. “Essas duas alternativas são sugeridas para o Executivo identificar a mais adequada para Jaraguá e também que possa contemplar todos os municípios da microrregião”, completa.


« Voltar
Jornal do Vale do Itapocu - Tel.: (47) 3275-0633 | 3371-1182 - Rua 25 de Julho, 1936 - Jaraguá do Sul - SC Desenvolvido por Empresadois