Menu
Terça-feira | 11/12/2018 « Voltar
Notícia . Especiais 21/02/2018
Foto: Divulgação

Produtor usa técnica IATF que sincroniza cio de fêmeas bovinas

O uso de hormônios para ovulação das fêmeas bovinas é uma técnica conhecida, mas pouco utilizada na região pelo fato de não possuir grandes rebanhos. No entanto, na propriedade de Ruben Fauth, no Guarani-Açu, ela foi utilizada alcançando 53% de prenhes em 22 vacas. É a chamada IATF, ou Inseminação Artificial em Tempo Fixo. De acordo com o médico veterinário Karlan Zimdars e com o técnico agrícola Marcos Fernando Chaves, da Secretaria de Agricultura de Massaranduba, a IATF é uma técnica que promove a sincronização da ovulação das fêmeas bovinas, depois da administração de medicamentos em dias predeterminados.

Assim, é possível sincronizar um lote de vacas paridas ou novilhas e inseminá-los todas no mesmo dia, sem a necessidade de observação de cio. No caso do lote de Ruben Fauth, a aplicação do medicamento coube ao proprietário, enquanto os técnicos da Prefeitura fizeram a inseminação artificial nos 22 animais mestiços. Foi a primeira vez que o programa municipal de inseminação artificial cobriu um lote de fêmeas bovinas onde a técnica da IATF foi utilizada. Com isso, foi possível realizar todo o processo de inseminação rápida e de forma organizada, também melhorando o manejo das pastagens e racionalizando a uso da mão de obra e das instalações. Segundo a literatura veterinária, as vantagens são grandes com o uso dessa técnica.


« Voltar
Jornal do Vale do Itapocu - Tel.: (47) 3275-0633 | 3371-1182 - Rua 25 de Julho, 1936 - Jaraguá do Sul - SC Desenvolvido por Empresadois