Geral,Schroeder

Centro de Memória de Schroeder busca na comunidade novas peças ao acervo

Foto: Arquivo/Divulgação

O Centro de Memória de Schroeder, inaugurado no final de dezembro, ocupando o prédio histórico que serviu durante décadas como sede do paço municipal, recebeu novas peças para acervo, parte que estava na Escola Santos Tomaselli.

A diretora de Cultura, Neiva Lúcia Plantikow, explica que a comunidade também pode colaborar, doando peças e documentos que fazem parte do passado de Schroeder, que terão um local seguro para guarda e visitação pública.

Leia mais:

Todas as peças são catalogadas e registradas. Mesmo ainda em formação, já é possível visualizar imagens e objetos que remetem ao passado, que os mais jovens desconhecem. Por meio deles pode-se perceber as dificuldades que havia e avaliar os avanços que houve nas últimas décadas.

De acordo com Neiva, uma nova licitação para impressão dos três volumes do livro “De Schröderstrasse a Schroeder”, pesquisa do historiador Ademir Pfiffer, será feita. Uma nova capa (dura) também faz parte do processo. A licitação anterior foi cancelada.