Esportes,Geral,Jaraguá

Grêmio Esportivo Juventus comemora 55 anos de fundação

Foto: Mateus Bueno/GE Juventus

Camila Silveira Rosa

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

A cada novo par de chuteira calçado e luvas colocadas, a ansiedade vai a mil. A cada degrau que se sobe para sair do vestiário e encarar a arquibancada - seja cheia ou vazia - a emoção é diferente. E há 55 anos, dirigentes e atletas do Grêmio Esportivo Juventus sentem essas emoções. 

Leia mais

O Moleque Travesso ou Juve, como é chamado o time jaraguaense, foi fundado em 1966, por um grupo de 27 pessoas do Movimento da Juventude Católica de Jaraguá do Sul tendo como seus fundadores os padres Elemar Scheidt e Odílio Erhardt. 

A primeira sede do clube, foi o salão paroquial Cristo Rei e mais tarde, o gramado já conhecido dos atletas e torcedores, o Estádio João Marcatto, foi doado por Dorval Marcatto, Loreno Antonio Marcatto, Vergílio Chiodini e Renato Pradi. Inicialmente, o terreno tinha uma área de 10.120 m².

(Foto: Dviulgação/Arquivo Histórico)

Mas não adiantava ter sede e jogadores e não ter um uniforme. Segundo o estatuto do time, as cores seriam vermelho, branco e preto em homenagem ao time de futebol de São Paulo. Porém, em 1976 quando o Juventus disputava a série A do Campeonato Catarinense, a cor atual – bordô – foi adotada.

Apesar dos altos e baixos, o torcedor apaixonado nunca abandonou o time. Depois de ser eliminado nas quartas de final pelo Marcílio Dias neste ano, o time foca a sua atenção para a série D do Brasileiro, que voltou a disputar após 25 anos. 

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!