Especiais,Saúde

Hospital São José de Jaraguá do Sul completa 84 anos sendo referência em Santa Catarina

Foto: Arquivo/Divulgação

Leonardo Koch

Jornalista formado com experiência em jornal impresso, digital e audiovisual

O Hospital São José de Jaraguá do Sul comemora neste domingo (22) 84 anos de fundação, sendo referência no atendimento e considerada uma das estruturas mais completas do norte de Santa Catarina. 

Para o presidente do conselho deliberativo, Paulo César Chiodini, fazer parte da história da entidade significa uma grande felicidade, visto a excelência na prestação de serviço e o envolvimento que a fundação possui com a comunidade.

Em sua visão, o segredo para gerir um hospital do porte do São José é reflexo das ações desenvolvidas desde a sua fundação com a passagem das Irmãs da Divina Providência, a cooperação com a Associação Empresarial de Jaraguá do Sul (ACIJS) e o trabalho desenvolvido pelo grupo de voluntários do município.

Foto: Leonardo Koch

“Tive a experiência de ficar um período no Sírio Libânes, um dos hospitais mais conceituados de São Paulo e nós não perdemos nada em infraestrutura”, avalia Chiodini ao falar sobre a evolução da instituição ao longo dos anos na cidade. 

Entre as ações realizadas, ele destaca e agradece a criação da Casa São José pelo empresário Pedro Donini.  O espaço foi criado para acompanhantes e pacientes que moram em outras cidades e não possuem condições financeiras de pagar uma hospedagem durante o tratamento no Hospital. 

Investimentos em infraestrutura

Com o objetivo de garantir mais conforto e saúde aos pacientes, visando um atendimento humanizado, houve reformas em todos setores da unidade.

E para obter a excelência no trabalho desenvolvido dentro do complexo hospitalar, ele prevê um salto tecnológico para os próximos anos com a aquisição de aparelhos de última geração. 

Entre os investimentos, Chiodini destaca a compra de um PET/CT para exames oncológicos, um novo centro cirúrgico com o objetivo de dobrar a capacidade de atendimento e uma área de ensino.

Foto: Leonardo Koch

A entidade conta atualmente com 885 colaboradores e uma média de 200 médicos no corpo clínico, além de 350 voluntários que participam de trabalhos em prol da comunidade. 

Com 21,5 mil metros quadrados de área construída, o Hospital São José possui 11 salas cirúrgicas, 222 leitos de internação e 30 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva).  Além disso, a entidade atende usuários com uma série de convênios. 

Segundo Paulo, 80% dos atendimentos é através do Sistema Único de Saúde (SUS) e ele afirma que todo o cuidado no atendimento é realizado da mesma forma com pacientes com planos particulares ou públicos. 

“A saúde pública de Jaraguá é muito boa. Um dos nossos propósitos é prestar um serviço de qualidade não importa qual o tipo de plano ou de qual forma o paciente chega ao hospital”, friza Chiodini. 

Pandemia alterou modelo de reforma

Assim como todos os setores de saúde foram afetados com a pandemia da covid-19, com o Hospital São José não foi diferente. Para atender a uma demanda de pacientes foi elaborado um rígido protocolo de saúde. 

Em tempo recorde, foi criado dez leitos de UTI para dar suporte aos pacientes contaminados pelo coronavírus, em um período de 30 dias.

Chiodini também salienta a inauguração de uma Unidade de Pronto Socorro para atendimento Covid, aumento no quadro de funcionários para dar suporte a crise sanitária e a  participação efetiva no Comitê de combate ao coronavírus junto ao setor público. 

Foto: Leonardo Koch

Para ele, comemorar 84 anos em meio a uma grave crise sanitária provou a qualidade da gestão aplicada e a eficiência do trabalho prestado pelos colaboradores durante este anos. 

“Essa geração nunca passou por uma situação como essa. Um dos grandes aprendizados foi a coragem e a dedicação de todo time dos profissionais que atuam no São José”, comenta. “A sensação é de que estamos no caminho certo, tendo equipamento de ponta para poder fazer frente a essa necessidade do serviço de saúde na nossa região”, pontua.