Geral,Jaraguá

Jaraguá do Sul amplia atenção para castração de animais domésticos

Foto: Reprodução

O Legislativo Municipal aprovou na sessão de terça-feira (20), o projeto de lei que autoriza o Executivo a investir R$ 190 mil em castração de animais domésticos. O trabalho será realizado pela Fundação Jaraguaense de Meio Ambiente (Fujama) em parceria com as ONGs conveniadas com a Prefeitura: Ajapra, Ame Animais, Gang dos Patinhas e Bigodes e Ronrons.

Leia mais:

Para o vereador Anderson Kassner a iniciativa vai ajudar no controle populacional de animais domésticos abandonados nas ruas do município e, dessa forma, diminuir os problemas causados por eles. Para o vereador, quanto mais o Município avança na castração e chipagem de animais, mais fácil será para identificar e punir aquelas pessoas que abandonam seus bichos de estimação.

Ele lembrou que, atualmente, as ONGs jaraguaenses que acolhem e cuidam de animais abandonados estão lotadas e sobrecarregadas. “Sem as ONGs a Prefeitura teria dificuldades em dar conta dessa situação”, adverte. Kassner sugere que o Executivo dê um auxílio pontual também a essas entidades na compra de ração e nas demais despesas, para que elas tenham condições de continuar prestando serviços à população.

Seu colega Luís Fernando Almeida elogiou a Administração Municipal por se atentar à questão e atender aos pedidos feitos pelas ONGs. Ele admite que a verba ainda não é o suficiente para dar conta de toda a demanda, mas salienta que esse já é um passo para avançar no tema. Registrou, ainda, que nos próximos meses o Executivo vai promover mais ações como essa e que a situação tende a melhorar ainda mais.

Em março deste ano, os vereadores já haviam aprovado R$ 385 mil para atender a despesas com ações do Projeto Bem-Estar Animal. Os recursos foram utilizados para promover atendimentos veterinários a animais vítimas de maus tratos e de abandono.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!