Geral

Moradores atingidos por ciclone bomba poderão tirar o FGTS em Corupá

Foto: Divulgação

Moradores que foram atingidos pelo ciclone bomba em 30 de junho devem procurar a Defesa Civil Municipal para fazer o cadastro para retirada do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

O órgão irá encaminhar as documentações para análise e aprovação da Caixa Econômica Federal. Ainda não há data para a liberação do saque.

Leia mais:

Somente moradores que comprovarem que foram atingidos pelo vendaval terão direito ao benefício. Devem ser apresentados à Defesa Civil de Corupá fotos dos danos nas casas ou ainda notas fiscais de compra de materiais para reforma.

Em casos de isenção de documentos comprobatórios, mediante justificativa plausível, a Defesa irá realizar vistoria no local para comprovação dos danos.

Para realização do cadastro, o munícipe deve entrar em contato pelo telefone (47) 3375-2789, entre 8h e 12h, de segunda a sexta-feira, até o dia 25 de agosto, para agendar um horário presencial. No dia marcado, levar as documentações exigidas: identificação com foto, comprovante de residência e fotos que comprovam os danos materiais causados pelo ciclone bomba em 30 de junho, ou as notas fiscais de compras de materiais para reforma.

Mas, nem todos poderão sacar o benefício, somente o trabalhador que tiver tempo de contribuição, tiver movimentado a conta do FGTS devido a ocorrência de desastre natural num período superior a um ano, realizar o cadastro na Defesa Civil e comprovar os danos materiais ocorridos na residência.