Cultura

Organização prepara Femusc mesmo com a crise do Covid-19

Foto: Divulgação

O diretor artístico do Festival de Música de Santa Catarina, Alex Klein, anunciou que uma das novidades do Femusc 2021 será a professora Jane Duboc na classe de Canto Popular, no Programa de Música Popular Brasileira.

Jane Duboc, uma das 100 maiores vozes da música popular brasileira", faz parte de um grupo seleto que inclui os maiores nomes da nossa música, como Egberto Gismonti, Raul Seixas, Milton Nascimento, Sebastião Tapajós, Nelson Ayres, Edu Lobo e muitos outros.

Jane também se juntou à Orquestra Filarmônica de Israel, liderada pelo lendário Zubin Mehta, promovendo a música brasileira também através deste caminho erudito, e é uma pessoa sensacional, um ser humano admirável.

“Devido às incertezas de um ano de difícil definição econômica, o Femusc 2021 está sendo planejado de modo consciente e responsável de acordo com estas limitações, e prorrogou alguns cursos para 2022, como violão clássico, saxofone erudito, banda sinfônica, trombone, tuba e o curso de regência orquestral.

Leia mais:

Estas incertezas - crises de saúde pública, econômica e política no Brasil - podem ser resolvidas até o final do ano e não é descartada a possibilidade de adicionarmos alguns destes cursos, mesmo se esta possibilidade possa ser remota hoje”, aponta Alex.

O festival também terá as datas de atividades estabelecidas de modo a maximizar o aproveitamento pedagógico com os renomados mestres. O Femusc 2021 terá início no dia 14 de janeiro com o início dos preparativos para a ópera com os solistas principais e o Maestro André Dos Santos.

“As inscrições estão sendo planejadas para ocorrerem a partir de setembro, pois justamente precisamos de mais tempo para entender como será o mundo em janeiro de 2021”, registra o diretor artístico Alex Klein.