Geral

Qualidade da água no Itapocu é considerada razoável, indica estudo

Foto: Errol Sasse

A Secretaria Executiva do Meio Ambiente, integrada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável lançou na segunda-feira (18) em parceria com a Agência Nacional de Águas (ANA), o segundo Boletim de Monitoramento da Qualidade das Águas, o Qualiagua, referente à campanha de dezembro.

Nesta edição, o estudo, que tem a missão de balizar ações para o cuidado dos rios, apresentou melhora na qualidade se comparado com o estudo apresentado em setembro de 2020.

Ao todo, 13 pontos obtiveram parâmetros em desconformidade com a legislação, prevista na Resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama). A maioria delas está relacionada aos parâmetros de coliformes termotolerantes, fósforo total e turbidez.

É o caso do rio Itapocu, onde a coleta no ponto de referência 18, em Jaraguá do Sul, apresentava o IQA (Índice de Qualidade da Água) em 60, cor razoável, com coliformes termotolerantes e fósforo total.

Nos 40 pontos estudados na vertente litorânea, 67,5% apresentaram melhora no indicador se comparado com o último estudo, apresentado em setembro do ano passado; 5% mantiveram o mesmo valor de Índice de Qualidade da Água; mas 27,5% demonstraram piora no IQC.

O Programa de Monitoramento de Santa Catarina é uma das linhas de ação previstas no Plano Estadual de Recursos Hídricos, o qual contribui para o objetivo de melhorar a qualidade da água em Santa Catarina.

Em 2019, foram monitorados 23 pontos, sendo estes ampliados para 40 pontos em 2020.

Neste ano, serão monitorados mais 60 pontos, totalizando 100 pontos analisados em todo o Estado. A duração total do programa é de cinco anos e, ao todo, são realizadas quatro coletas por ano, sendo disponibilizadas divulgações trimestrais.

Comitê Itapocu convoca novos membros para sua composição - O Comitê Itapocu é um parlamento das águas que reúne um conjunto de entidades com diferentes visões, atuações e interesses em relação ao uso da água, debruçadas sobre a Bacia Hidrográfica do Rio Itapocu e Bacias Contíguas. É nesse parlamento que é discutido e resolvido, de forma participativa, questões relacionadas aos usos da água, incluindo os conflitos gerados pelas diferentes demandas existentes.

Para isso o Comitê é composto por representantes de entidades de três segmentos: Usuários de Água, População da Bacia e Órgãos Públicos.

Em 2021, o Comitê Itapocu irá renovar a sua composição de membros, cujo mandato será de quatro anos.

O edital foi lançado dia 11 de dezembro de 2020 e as inscrições vão até dia 31 de janeiro de 2021. O processo eleitoral será conduzido de modo a garantir a oportunidade de participação de todos os atores da Bacia do Rio Itapocu.

Nos dias 23, 24 e 25 de fevereiro de 2021 serão realizadas as reuniões que irão definir os novos membros e a lista de espera para compor o Comitê. Contatos pelo telefone (47) 3370-7933 ou pelo WhatsApp (47) 99745-9717.