Geral

Saiba quais foram os nomes de bebês mais registrados em 2019 no Brasil

Pelo segundo ano consecutivo, Enzo Gabriel, João Miguel e Maria Eduarda foram os nomes mais registrados em bebês no País. O ranking divulgado pelo Portal Transparência do Cartório Civil, da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Brasil - com base nos 4.472.331 registros realizados até o dia 19 de dezembro - apontam uma preferência nacional por nomes compostos em 2019.

Há dois anos, o cenário era outro: Miguel e Alice ocupavam as primeiras posições da lista. Em 2019, no entanto, o nome masculino aparece na oitava posição. Já o feminino ocupa o décimo lugar.

O levantamento agrupou dados dos 7.732 Cartórios de Registro Civil dos 26 Estados brasileiros e do Distrito Federal. Veja o ranking dos 10 nomes mais registrados em bebês em 2019, no Brasil: 1º Enzo Gabriel (16.672 registros), 2º João Miguel (15.082 registros), 3º Maria Eduarda (12.063 registros), 4º Pedro Henrique (11.103 registros), 5º Maria Clara (10.751 registros).

Em 6º aparece Maria Cecília (9.570 registros). 7º Maria Júlia (9.448 registros), 8º Miguel (9.436 registros), 9º Maria Luiza (9.132 registros) e em 10º Arthur (8.525 registros). O levantamento reúne dados de todos os 7.732 Cartórios de Registro Civil dos 26 Estados brasileiros e do Distrito Federal, que formaram uma base de mais de 2 milhões e 518 mil registros realizados até o dia 19 de dezembro.

Mudança de Nome

De acordo com a Arpen Brasil, quem por acaso não gostar do nome que recebeu dos pais pode fazer a alteração quando completar 18 anos, diretamente no cartório. A mudança não pode prejudicar sobrenomes de família. Também é possível a correção de nome, quando for comprovado erro evidente no registro.