Economia,Geral,Nacional

Venda de bicicletas cresceu 50% e seguro de bike dispara

Foto: F.J. Brugnago/JDV

Com os números de casos de Covid-19 ainda muito elevados, as pessoas que precisam se deslocar pela cidade, decidiram migrar para outros meios de transporte. Para evitar as aglomerações dos transportes públicos, cerca de 38% dos brasileiros que não possuem veículo próprio, acreditam que as bicicletas são as melhores opção para se deslocarem, de acordo com os dados divulgados pelo Datafolha.

Leia mais

Com o propósito de deixar as cidades mais seguras para os ciclistas, o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), apresentou algumas novas regras. A partir de 12 abril, os carros devem diminuir a velocidade ao ultrapassar um ciclista de forma compatível com a segurança do trânsito, essa regra passa a ser gravíssima e o infrator deverá pagar uma multa de R$ 293,47 e levará 7 pontos na carteira.

Outra regra que entrou em vigor é a proibição para automóveis pararem, estacionarem para embarque e desembarque nas ciclofaixas e ciclovias. Caso ocorra, o infrator terá que pagar uma multa de R$ 195,23 e levará 5 pontos na carteira.

Em 2020, a Associação Brasileira do Setor de Bicicletas (Aliança Bike), apresentou um crescimento de 50% no número de vendas em comparação a 2019. Devido à alta procura por bicicletas, o mercado de seguros nesse segmento teve um crescimento de 162% durante o segundo trimestre de 2020, aponta a pesquisa.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!