Geral,Schroeder

Vídeo: Bebê com síndrome rara conta com doações para cirurgia urgente em Schroeder

Carla Nunes

Carla Nunes é jornalista e editora do JDV Digital. 

Me conte o que está acontecendo, fale comigo pelo email: [email protected]

Isaac Lutes Limberger nasceu em março de 2020, de uma gravidez gemelar na qual o irmão não resistiu e veio a falecer. Durante a gestação, segundo a mãe, não foi observado nenhum problema de saúde. Após o parto, o médico constatou algumas malformações características de uma síndrome muito rara, diagnosticada como a síndrome de Apert. A síndrome de Apert é uma desordem genética que causa desenvolvimento anormal da caixa craniana. Bebês com síndrome de Apert nascem com a cabeça e a face com formas distorcidas. Muitas crianças portadoras da síndrome de Apert também nascem com defeitos congênitos nas mãos e/ou nos pés.

 

Isaac precisa passar por uma cirurgia chamada craniossinostose, realizada em São Paulo. O procedimento reduz o risco de hipertensão intracraniana, reduz o sofrimento cerebral, impede a regressão do desenvolvimento neuro-psicomotor, entre outras complicações. Para chegar ao montante de R$ 90 mil, que cobre o procedimento e as demais despesas, a família criou uma campanha de arrecadação virtual.  Sem a cirurgia, o cérebro não encontra espaço para crescer.

Na cirurgia é feito um "corte" nesse osso que já se "colou" para então ter um melhor desenvolvimento cerebral. Todo o procedimento todo será feito em Campinas ,sendo necessário permanecer por aproximadamente 30 dias na cidade para trocar curativos e fazer os procedimentos necessários.

Os pais da criança, Adriano Limberger e Nilva Mara Lutes, pedem ajuda para custear a cirurgia e também exames, medicação, estadia, transporte e outras necessidades durante o tratamento.