A Sopa e o Frio (Sopa Borscht)

Claudia Caglioni Mahfud

Chef de Cozinha

Ver artigos

Nem dinheiro, nem sexo, hoje eu queria mesmo é ter uma lareira. Não suporto esse frio que entra pela unha do dedão e vai subindo pelos ossos devastando a corrente sanguínea, doravante denominada andante sanguínea.

Chuveiro é outra coisa mancomunada com essa "friage" : Dá 50% de alegria na proa ou na popa e o resto que se trinque. Agora, a comida, não! Até no frio, um prato bem robusto faz a festa.

Sempre companheira, de dentro pra fora, bem escolhida, faz um bem aquecendo o corpo todinho. Uma boa sopa é capaz de arrancar o casaco. Acompanhada de uma taça de vinho, tira até as calças.

A origem da sopa dá-se na pré-história, bem antes da descoberta do fogo. Não, não é mentira. Existem evidências nas regiões vulcânicas onde se formavam poças de água quente.  Um sonho no meio do nada, né? Seu nome vem do sânscrito: Bem alimentar ( sû - bem; pô - alimentar )

Seja ela líquida, em creme, caldo, pastosa, com ou sem carne, todos amam uma sopinha bem feita. Muitos não consideram sopa uma refeição, mas, sem sombra, todos amam uma bem quentinha no inverno.

Em todos os Países existe uma sopa "carro chefe" que faz o conforto e aquece o coração do povo.Lá no Leste Europeu, originalmente Ucrânia, uma das vedetes é a Sopa Borscht. Preparada com beterrabas frescas, cenouras, cebolas, um encorpado caldo de carne, limão, manteiga, creme (eu já tô salivando), azeite e pão.

Faz a festa em qualquer noite fria. Vale até um gole de cachaça pra fechar a noite.  

Sopa Borscht

Ingredientes

  • 150 g de carne desfiada com caldo, eu uso músculo
  • 1 beterraba cozida e ralada
  • 250 ml da água do cozimento da beterraba
  • 1 cenoura crua ralada
  • 1 cebola
  • 1 batata
  • 1 tomate cortado em cubos e sem sementes
  • ¼ de repolho picado
  • 1 colher de sobremesa de vinagre
  • 1 colher de chá de açúcar
  • Azeite extra virgem
  • 1 xícara de creme de leite light
  • Limão a gosto
  • Salsinha
  • Sal a gosto

Preparo

  • Refogue a cebola no azeite
  • Adicione a cenoura e refogue novamente
  • Acrescente o tomate e o repolho
  • Adicione a beterraba, a batata e os caldos de beterraba e de carne. Eu, particularmente, incluo o músculo bem desfiadinho nessa hora. Depois, se for o caso, acerto a consistência com mais um pouquinho da água do cozimento da beterraba.
  • Acrescente o vinagre, o açúcar e o sal
  • Cozinhe por mais 5 minutos e reserve
  • Tempere o creme de leite com gotas de limão e bata com um batedor. Deixe descansar por 30 minutos na geladeira. Esse creme azedo é importantíssimo no resultado de sabor espetacular dessa sopa.
  • Sirva a sopa Borscht com o creme azedo e salsinha picada

Gente, faz!

Depois me conta.

???????!