As matas da então Hansa-Humboldt (atual Corupá)

A Propósito

Fatos e Curiosidades Históricas por Celso Machado.

Ver artigos

 

(Fonte: Antigamente em Hansa Humboldt).

As matas da então Hansa-Humboldt (atual Corupá) e em grande parte do Vale do Itapocu, abrigaram, durante séculos, uma fauna riquíssima e diversificada.

Ente tantos animais que habitavam a região, estava a onça pintada, caçada sem tréguas desde o início da colonização não pela carne, mas pelo valor pago pelo couro. Os animais abatidos eram exibidos como verdadeiros troféus pelos caçadores. A foto postada por Fábio Krawulski Nunes não identifica o ano.

CURIOSIDADES

*A onça-pintada é um animal robusto, com grande força muscular, sendo a potência de sua mordida considerada a maior entre os felinos de todo o mundo. É também o maior felino do continente americano, podendo chegar a 135 kg. Suas presas naturais são animais silvestres como capivaras, jacarés, veados e tatus. 

*A onça-pintada segue uma dieta adotada pela maioria dos grandes felinos, conhecida como “feast or famine” (banquete ou fome). O animal fica até uma semana sem comer, mas pode devorar até 20kg de carne em um único dia. Os filhotes precisam ficar perto da mãe por cerca de dois anos aprendendo a caçar, já que eles nascem cegos e indefesos. 

*As onças estão quase extintas em muitas regiões pela perda de habitat em florestas tropicais da América do Sul e da caça pela sua pele. Em antigas civilizações da América Central e do Sul, a onça-pintada é considerada um símbolo de força. Os astecas, por exemplo, nomearam uma classe de guerreiros de elite como “Cavaleiros Jaguar”.

*Apesar de temidas, as onças costumam fugir de seres humanos. São raros os relatos de ataques ao homem, e quando eles acontecem, normalmente estão relacionados com a defesa de seus filhotes. No Brasil, o dia da Onça Pintada é lembrado em 29 de novembro. A data foi oficializada em outubro de 2018, para conscientização sobre a preservação deste felino.

Um jovem casal em "união feliz" protagonizava a campanha da Aveia Quaker em 1958. Duas receitas acompanhavam o anúncio, além de indicação de consumir o produto como vitamina de frutas.

Como o anúncio foi veiculado no começo do verão (novembro), a indicação veio a calhar com a época: "Do netinho ao vovô... todos necessitam Aveia Quaker". 

O dia 10 de junho de 2004 registra a morte do pianista norte-americano  e cantor de música soul, blues e jazz, Ray Charles Robinson.

Considerado um dos maiores gênios da música norte-americana, Ray Charles, como era conhecido, também foi um dos responsáveis pela introdução de ritmo gospel nas músicas de R&B. Morreu vítima de doença hepática aguda (cirrose).