Qual é o seu biótipo? Descubra a forma do seu corpo

Lais Hornburg

Mestra em Design, Professora de Moda e Especialista em aviamentos impressos em 3D.

Ver artigos

Olá queridas leitoras! 

Na matéria de hoje você aprenderão como tirar corretamente as medidas do seu corpo para descobrir o seu biótipo (tipo físico) e assim, comprar peças com modelagens que te valorizam mais.

A primeira coisa a se fazer é tirar as medidas dos seus ombros, cintura e quadril. Abaixo explicarei como tirá-las corretamente:

Ombros: meça do osso no final de um ombro até o osso final do outro ombro;

Cintura: enrole a fita métrica no corpo a cerca de 2 dedos acima do umbigo, na região mais fina da cintura e depois divida a medida por 2. Não vale segurar a respiração ou apertar demais a fita para conseguir uma medida menor hein;

Quadril: enrole a fita na região mais volumosa do bumbum e depois divida essa medida por 2.

Agora que você já tirou as medidas, podemos descobrir se o seu biótipo é retangular, triângulo, triângulo invertido, oval ou ampulheta. 

Se as suas medidas de ombros, cintura e quadril são iguais ou muito semelhantes, o seu biótipo é retangular, como na imagem a seguir: 

Agora, se o seu quadril é mais largo que os ombros e a cintura, provavelmente seu biótipo é triangulo, ou também conhecido por formato pera, pois a forma é parecida com a da fruta. Essa silhueta é muito comum entre as brasileiras.

Se o seu caso for ao contrário, onde os ombros são mais largos que a cintura e o quadril, o seu biótipo certamente é triângulo invertido, como na próxima imagem:

Porém se a sua cintura é maior do que os ombros e o quadril, possivelmente seu biótipo é oval, como na imagem abaixo:

E se você não se encaixa em nenhuma das imagens acima, sem dúvidas que o seu biótipo é ampulheta, onde o quadril e os ombros são maiores que a cintura. 

Existem variações das silhuetas apresentadas, elas não são absolutas, mas nos ajudam a ter um bom parâmetro. Agora que você sabe a sua, o segredo para valorizar o seu corpo, é não dar mais volume as áreas naturalmente volumosas. Parece óbvio né? Mas é isso mesmo!

Se você considera alguma região muito larga, procure peças que não acrescentem mais centímetros à essa região, utilize babados e modelagens ampliadas apenas nas regiões que são consideradas menores.

Saber qual é seu biótipo não é importante apenas para entender o que fica melhor no seu corpo, mas também para a harmonizar seus looks e se autoconhecer. Não para mudar sua essência, mas para procurar peças que lhe favorecem e ressaltam a sua beleza natural.

 

Beijos da prof Lais Hornburg :*

para mais informações instabio.cc/LaisEH

Referências utilizadas:

FERRAZ, Danielle; MORAES, Penha. Moda sob medida: guia prático de moda para a vida real. São Paulo: Senac São Paulo, 2017.

DICAS DE ESTILO. Fixbitt, 2019. Disponível em: <https://www.fixbitt.com/blog/category/dicas-de-estilo/>. Acesso em 29 Jun. 2020.