Educação

Aberta no domingo, Febic segue virtual

Mais de 700 estudantes e orientadores estão envolvidos nos 352 projetos, de diversas áreas do conhecimento. 

20/10/2020

Por

Aberta no domingo, Febic segue virtual

Este ano não tem o agito de alunos, professores, orientadores e coordenadores, mas ela não deixa de acontecer. Foi aberta na tarde de domingo (18), de modo virtual, a 5ª Feira Brasileira de Iniciação Científica (Febic), um esforço gigantesco da equipe da coordenação, formada unicamente por voluntários, que se reinventou e conseguiu realizá-la entre os dias 18 e 31 de outubro, com recorde de 352 trabalhos inscritos de 19 Estados, mais o Distrito Federal e quase 100 cidades participantes.

O modo virtual provocou alguns problemas de transmissão na abertura, perfeitamente entendidos, considerando a situação. O coordenador geral da Febic, professor Maurício Goetten, fez o pronunciamento inicial, agradecendo o esforço da equipe da organização e das escolas participantes. “Estamos transformando dificuldades em oportunidades. Esse modelo é um desafio para todos que fazem ciência e valorizam a pesquisa”, disse.

Mais de 700 estudantes e orientadores estão envolvidos nos 352 projetos, de diversas áreas do conhecimento. 

Os secretários de Educação de Schroeder (Eberton Trentin), de Massaranduba (Cristiano Tironi) e de Pomerode (Jorge Buerguer), também participaram da abertura oficial. A secretária de Cultura, Esporte e Turismo, Cleide Mosca, e a chefe de Gabinete, Emanuela Wolf, igualmente, da mesma forma o coordenador regional de Educação, Fernando Alflen, e o secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni.

O presidente do Instituto Febic, Jean Mary Facchini, fechou a abertura, com mensagem de estímulo aos participantes e de agradecimento à equipe voluntária que está se superando em realizar uma das maiores feiras de iniciação científica do Brasil, totalmente virtual.

O homenageado da Febic 2020 é o médico e cientista Osvaldo Gonçalves Cruz, morto aos 44 anos, em 1917, pela sua grande contribuição à ciência.

Escola Santos Tomaselli, em Schroeder, participa de duas feiras virtuais este ano

A Escola Municipal Santos Tomaselli vai participar de 7 a 12 de dezembro, da 4ª Feira Mineira de Iniciação Científica (Femic) e está participando a Feira Brasileira de Iniciação Científica (Febic) em Jaraguá do Sul, iniciado no domingo, ambos inteiramente online. Com os projetos “Captação e Reutilização da Água da Chuva em Ambiente Escolar”, com as alunas Amanda Eloisa Beck, Camila Samara Bonetti, Emely Vitoria Dalcastagne, Mariney Aparecida Carvalho da Silva (orientadora) e Ronir Voigt (coorientador) e com o projeto “Comida de Verdade do Ambiente Escolar para Vida”, com as alunas Alícia Vieira Bolduan, Isabel Cesconetto, Rayssa C. H. Millnitz, Merlin Tatiana Bernardi Cesconetto (orientadora), Ronir Voigt e Mariney Aparecida Carvalho da Silva, como coorientadores.

Outros projetos participam da Febic, o “Comida de Verdade” e “Conscientização dos alunos no ambiente escolar sobre ao malefícios e benefícios do lixo”, este com os alunos Guilherme Matheus Schneider, Nathalia Krause,Victor Matheus Behling e Mariney Aparecida Carvalho da Silva (Orientadora) e Ronir Voigt (Coorientador).

A participação incentiva as habilidades do aluno, do professor e da escola no campo da pesquisa e abre oportunidade para instigar o desenvolvimento da curiosidade científica, em suas dimensões histórica, social e cultural, considerando os questionamentos que nascem das experiências, expectativas e estudos teóricos dos estudantes envolvidos, fomentar a pesquisa científica, viabilizando a produção do conhecimento e o desenvolvimento de habilidades que permitam a iniciação do aluno no campo da pesquisa.

Notícias relacionadas

x