Geral

Ação social com 42 casamentos coletivos

Uma ação social como Massaranduba jamais viu será realizada no dia 6 de julho, iniciativa que conta com as parcerias das Cooperativas Juriti, Viacredi, Sicoob MaxiCredi, Cooperbam, Secretaria Municipal de Saúde, Prefeitura, Escrivania de Paz e Lili Fiori, com tendas que serão armadas na Rua Paulo Cardoso.

05/06/2019

Por

Ação social com 42  casamentos coletivos

Uma ação social como Massaranduba jamais viu será realizada no dia 6 de julho, iniciativa que conta com as parcerias das Cooperativas Juriti, Viacredi, Sicoob MaxiCredi, Cooperbam, Secretaria Municipal de Saúde, Prefeitura, Escrivania de Paz e Lili Fiori, com tendas que serão armadas na Rua Paulo Cardoso. Naquela data será comemorado o Dia de Cooperar, conhecido também como o Dia C, um dos maiores movimentos de voluntariado do Brasil, que começou em 2009 em Minas Gerais e se espalhou pelo País a partir de 2013. O Dia C foi criado para mostrar a essência das cooperativas junto às comunidades onde estão inseridas.

No evento de 6 de julho estarão envolvidas diretamente duas cooperativas de produção e duas cooperativas de crédito, que se uniram a entidades parceiras para realizar uma ação social que vai oferecer uma série de serviços gratuitos à população e que culminará com o casamento coletivo civil de 42 casais.   A iniciativa liderada pela Cooperativa Juriti encontrou eco junto aos demais parceiros. E quem vai ganhar é a comunidade que no dia poderá usufruir de uma ampla estrutura, que inclui corte de cabelos masculino e feminino, pintura facial, brincadeiras às crianças, confecção de carteira de identidade e de trabalho, atividades na área da saúde, cavalgada com chegada ao local, entre outros.

De acordo com Leila Estrowispi, gestora social e de recursos humanos da Cooperativa Juriti, que atua na coordenação, um dos momentos será a cerimônia coletiva de casamento civil de casais de Massaranduba, que terão legalizada a união, tudo sem custo. Um local especial para a cerimônia será preparado, com muitas flores e um palco, inclusive.   “Haverá também a tradicional chuva de arroz”, antecipa Leila. Ela lembra que a iniciativa está alinhada ao sétimo princípio cooperativista, de interesse pela comunidade, e ao valor da responsabilidade social. A ação será realizada no período da manhã, a partir das 8h. Esta semana os parceiros se reúnem para definir os detalhes da programação.

Notícias relacionadas

x