Economia

Agricultores de Guaramirim já podem requerer macadame às propriedades

O projeto de lei, de autoria do Executivo, foi aprovado em junho

19/08/2021

Por

Agricultores de Guaramirim já podem requerer macadame às propriedades

Os produtores rurais devidamente legalizados, adimplentes com a Fazenda Municipal e cadastrados na secretaria da Agricultura de Guaramirim, vão poder receber, por ano, até duas carradas de macadame ou bica corrida de 12 metros cúbicos cada, para melhorar o acesso às suas propriedades para o escoamento da produção.

Leia mais:

O projeto de lei, de autoria do Executivo, foi aprovado em junho. O auxílio macadame será concedido apenas aos agricultores com Cadastro de Produtor Rural e movimentação econômica ativa por no mínimo um ano. O projeto foi aprovado por unanimidade.

A Secretaria de Agricultura abriu na segunda-feira (16) o protocolo para produtores rurais interessados em receber o material de revestimento. De acordo com o secretário Adilso Comim, o atendimento será possível graças a destinação, por parte da prefeitura, de R$ 100 mil da devolução da economia feita pela Câmara Municipal, mais R$ 50 mil do orçamento da Secretaria.

“Por ser um projeto novo, este ano teremos R$ 150 mil para compra do material, mas em 2022, o valor deve ser no mínimo o dobro, já com valor incluído na Lei Orçamentária Anual”, explicou Comim, que considera um avanço esse apoio ao agricultor.

Outra iniciativa, aprovada em abril, é o tempo de serviço de patrola nas propriedades rurais para melhorar os acessos e pátios. Com a aprovação do projeto, foi retirado o limite de 30 minutos de serviço de máquina que havia até então, passando para o tempo necessário à conclusão do serviço.

O secretário Comim adverte que tanto para macadame quanto para o serviço de máquina, é necessário fazer previamente o protocolo na Secretaria de Agricultura e atender as exigências da legislação municipal.

 

Patrulha agrícola atende o preparo das arrozeiras

 

Cerca de 600 morgos de arrozeiras, de 35 produtores, receberam os serviços de máquina para preparo dos terrenos à semeadura do arroz para a safra 2021/2022. O secretário Adilso Comim, da Agricultura, acredita que até o final de agosto todos os pedidos estarão atendidos.

A patrulha agrícola mecanizada é para os produtores que não possuem maquinários próprios e têm os serviços subsidiados. O valor é R$ 51,00 a hora máquina. No entanto, para se beneficiar, é preciso estar cadastrado na Secretaria de Agricultura, possuir a nota fiscal do produtor rural e estar em dia com os impostos devidos ao município.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x