Saúde

Ainda restam 6 mil doses para quem ainda não se vacinou contra a gripe em Jaraguá do Sul

A vacina não previne contra  a covid-19, mas serve como diferencial na questão de avaliação de tratamento, de diagnóstico dessa doença

09/07/2020

Por

Ainda restam 6 mil doses para quem ainda não se vacinou contra a gripe em Jaraguá do Sul

O setor de imunização da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Jaraguá do Sul informa que ainda estão disponíveis em torno de 6 mil doses da vacina contra a influenza (gripe) nas unidades básicas de saúde (UBS) do Município 

De acordo com a supervisora de Imunização da Secretaria de Saúde, Ana Kneip em relação a cobertura vacinal, de uma forma geral, as metas estabelecidas pelo Ministério da Saúde foram atingidas. “Tivemos em torno de 92,8% de adesão dos munícipes nesta campanha. Claro, que não de forma homogênea”, observou.

Leia mais:

Entre os grupos prioritários imunizados, segundo Ana, crianças e gestantes a gente tiveram a menor taxa de adesão ficando em torno de 63% cada um.

Os trabalhadores de saúde esse índice foi de 140,7%;  puérperas 136%. adultos ficou entre 55% a 73% e idosos 125,5%.

“Isso além das pessoas com comorbidades entre outros grupos (quadro abaixo) que a gente vacinou”, completou a supervisora.

Ana Kneip destacou ainda que apesar da quantidade de doses ainda disponíveis na rede municipal da saúde, a procura ainda é baixa.

“O movimento nos postos nos últimos dias tem sido bem tranquilo nesse sentido. É muito importante quem não se vacinou ainda se prevenir porque agora, nesse período de inverno as infecções respiratórias tem essa tendência de aumentar”, observou.

“É bom salientar que a vacina da gripe não previne contra o vírus da covid-19, mas pelo menos ela serve como diferencial na questão de avaliação de tratamento, de diagnóstico.”

Neste momento, qualquer pessoa, independente de faixa etária ou se integra ou não os grupos prioritários, pode se dirigir aos postos de saúde com salas de vacina para imunizar contra a gripe. 

“Lembrando que crianças e adolescentes serão vacinados somente se portarem a carteirinha de saúde. Já os demais munícipes será exigida apenas a carteira de identidade para atendimento”.

Notícias relacionadas

x