Colunas

Analise dos looks da série “Emily em Paris”

Daquelas séries para maratonar, criticar ou amar? Confira uma análise sobre os looks usados por Emily, a protagonista da série.

28/10/2020

Por

Mestra em Design, Professora de Moda, influenciadora digital e fundadora da marca de roupas Lais Hornburg.

Analise dos looks da série “Emily em Paris”

Olá lindas leitoras 

A matéria de hoje é pra falar sobre a série americana bafo “Emily in Paris”, que já rendeu muitas cíticas e elogios desde que saiu na Netflix, resolvi escrever sobre isso pois a série trouxe muita informação de moda e quero dar a minha opinião a vocês.

A série conta a história de uma mulher chamada Emily, uma americana que trabalha com marketing para mídias sociais que foi convidada a trabalhar em Paris, ela aceita apesar de não falar nada em francês e enfrenta as clichês dificuldades de se morar em um país novo, sem nenhum amigo ou família. 

Muitas pessoas não gostaram da série, inclusive o renomado escritor de moda Andre Carvalhal, entre seus argumentos estão: os poucos atores negros dentro da série, a falta de mostrar a realidade da rotina de quem trabalha com marketing e o fato de que ser uma influenciadora é muito mais do que fazer um post que viraliza.

Além disso, a série teve muitos comentários negativos sobre a forma como retrataram a França e as grifes de moda, pareceu ultrapassado para a realidade atual e poderiam ter mostrado mais do que uma vida luxuosa e inalcançável.

Apesar disso a série é muito divertida, têm romance, cenários e looks incríveis, e é disso que quero falar com vocês hoje, trouxe três looks para analisarmos, o primeiro é o vestido rosa, utilizado por Emily nas primeiras cenas no trabalho, para mim esse look mostra exatamente o que a série quer mostrar:

É difícil não prestar atenção nos looks de Emily, pois eles sempre são cheios de cor, com mix de estampas e texturas, o quadro abaixo mostra um dos meus looks preferidos, pois tem bastante informação mas não deixa de ser delicado e sofisticado.

Na minha opinião o figurino da protagonista foi montado para mostrar a personalidade criativa, inovadora e otimista da personagem. Mas quando no escritório do trabalho a chamam de “la plouc”, ou seja, caipira, nos questionamos, Emily representa ou não as tendências de moda?

À várias tendências que podemos observar nos looks, desde o comprimento dos vestidos e saias, as padronagens das estampas, a tonalidade das cores, as silhuetas femininas, marcantes e muito mais, mas o fato principal dos looks de Emily é que ela se veste como ela mesma, independente de como as pessoas a sua volta se vestem, ela tem estilo próprio e se orgulha dele e isso é o principal quando se escolhe uma peça de roupa.

Por fim, quero lembrar que a série está na lista de top 10 do Brasil desde que foi lançada na Netflix e muitas influenciadoras brasileiras amaram e estão recomendando no Twitter. Minha opinião pessoal e de canceriana incorrigivelmente romântica é que a série é linda e merece a chance de ser maratonada haha.

 

Se gostou, manda essa matéria para amiga que também amou a série ou pra aquela que ainda não assistiu 😛

 

Beijos da prof Lais Hornburg :*

para mais informações instabio.cc/LaisEH

 

Leia Mais:

 

 

Notícias relacionadas

x