Economia

App gratuito criado em SC ajuda entidades sem fins lucrativos na superação da crise instaurada pela pandemia

Exclusivo para instituições do Terceiro Setor, religiosas ou não, o aplicativo, que é inteiramente gratuito, organiza processos e atividades centrais de cada entidade.

02/12/2020

Por

App gratuito criado em SC ajuda entidades sem fins lucrativos na superação da crise instaurada pela pandemia

O Terceiro Setor foi amplamente afetado pela crise do novo coronavírus. Com a necessidade de distanciamento social, eventos e outras atividades foram cessados, e, se antes, os recursos já eram limitados, agora, a captação ficou ainda mais complicada.

Ou seja, o momento exige organização detalhada e foco ainda mais direcionado às atividades fins e à eficiência em todas as iniciativas.

Nesse sentido, o Fraterne pode auxiliar de forma expressiva. Exclusivo para instituições do Terceiro Setor, religiosas ou não, o aplicativo, que é inteiramente gratuito, organiza processos e atividades centrais de cada entidade.

Depois de baixá-lo, é possível ter acesso, na palma da mão, a informações como cadastro de voluntários, escala de trabalhadores, calendário de eventos, controle de doações e de cursos, inclusive, com lista de presença, e painel de estatísticas.

Leia mais:

Além disso, o aplicativo ainda funciona como rede social. Dessa forma, doadores, voluntários e comunidade em geral podem conhecer as entidades sem fins lucrativos próximas e se envolver com elas. Outro benefício é que, buscando a legitimidade das instituições, pessoas físicas são convidadas a dar aval a elas.

“Dessa forma, as que recebem mais avaliações, aparecem mais e, consequentemente, também inibimos falsificações”, destaca Murilo Machado, responsável pela Fraterne.

Uma novidade lançada recentemente é o Cashback Solidário. Com ele, as instituições cadastradas podem ampliar as receitas recebendo um percentual sobre compras efetuadas na internet. Para isso, basta instruir os apoiadores da entidade a efetuar as pesquisas para compras online a partir de uma página criada exclusivamente para a entidade.

O app, disponível para Android e IOS, conta com filtros que facilitam aos usuários a descoberta das organizações de interesse e o acompanhamento de postagens referentes a atividades e eventos. Lançado recentemente, ele já é utilizado por entidades de diversas partes do país. “Ele chega para otimizar e organizar a retomada das atividades no pós-pandemia”, acrescenta Machado.

O Terceiro Setor é bastante representativo no Brasil. Segundo o IPEA (Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas), em 2017, havia 820 mil organizações da sociedade civil no país. Dessas, 709 mil (86%) eram associações civis sem fins lucrativos, 99 mil (12%) organizações religiosas e 12 mil (2%) fundações privadas.

 

Notícias relacionadas

x