Geral

Aumenta o número de interessados em práticas de voluntariado

Em 2020, 32% dos inscritos tinham entre 18 e 24 anos e 35% tinham de 25 a 34 anos

06/01/2022

Por

Aumenta o número de interessados em práticas de voluntariado

Ilustrativa

O Atados, iniciativa social que conecta pessoas e organizações facilitando o engajamento em diversas oportunidades de voluntariado, revelou que houve aumento de 15% nas inscrições para trabalho voluntário quando comparado ao mesmo período de 2020. Por outro lado, 761 novas ONGs se cadastraram no site em busca de voluntários, representando um crescimento de 28%. Hoje o Atados totaliza 3.441 ONGs cadastradas e mais de 200 mil usuários inscritos.  No dia 5 de dezembro celebra-se o Dia Internacional do Voluntariado, e em vista da data, a organização apresenta dados de uma nova pesquisa sobre o tema realizada com cerca de 500 brasileiros.

“A metodologia do Atados segue 3 principais pilares: o despertar, motivando pessoas que ainda não estão envolvidas a se interessarem em ser voluntárias; o conectar, realizando a ponte entre pessoas e OSCs (organizações da sociedade civil); e o desenvolver, criando projetos e metodologias próprias que geram maior impacto”, explica Marina Frota, diretora área aberta do Atados.

De acordo com o levantamento, que se baseia no pilar do ‘despertar’, mais da metade dos respondentes são voluntários atualmente. Cerca de 57% participa de alguma ação voluntária no momento, enquanto 43% não está engajado agora. Dos que não participam hoje como voluntários, 72% já foram voluntários no passado. Apenas 11,7% do total nunca foram voluntários.

Falta de tempo (26%), dificuldade de encontrar uma instituição interessante (16%), não saber onde encontrar vagas de voluntariado (16%), e dificuldade de encontrar uma causa/público que se identifique com (15%), estão entre os principais motivos citados pelos brasileiros que não realizam atividades voluntárias no momento. 41% dos respondentes apontaram fazer a primeira ação até os 18 anos.

Considerando as pessoas que já realizaram alguma ação de voluntariado, 67,3% disseram que conhecidos (família, amigos, colegas de trabalho, da igreja, da faculdade, etc.) incentivaram a participação em sua primeira ação de voluntariado. Entre as principais motivações para começar estavam o interesse em ajudar pessoas (16%), a influência de outras pessoas (14%) e o interesse em apoiar uma causa específica (11%).

De acordo com o levantamento, em 2019 existiam 73% de mulheres e 27% de homens cadastrados na plataforma do Atados. Em 2020, esse número mudou: mais homens estavam inscritos para práticas voluntárias (45%), mostrando aumento do interesse do público masculino em realizar ações de voluntariado; apesar de uma leve queda em 2021 (33%), os homens ainda mostraram uma maior representatividade que há dois anos atrás. Em relação à faixa etária, os jovens continuam sendo os mais engajados.

Em 2020, 32% dos inscritos tinham entre 18 e 24 anos e 35% tinham de 25 a 34 anos. No ano seguinte, em 2021, esses percentuais totalizaram 33% e 31%, respectivamente.O distanciamento social fez com que a procura por voluntariado a distância (online) desse um salto: aumento de 252% comparado ao mesmo período de 2019.

Quando perguntados com qual tema mais se identificavam, os que mais chamaram a atenção do público foram educação (61%) e combate à fome à pobreza (60%). Seguidas por meio ambiente e sustentabilidade (52%), direitos humanos (50%) e saúde e bem-estar (47%). Na plataforma do Atados as causas mais buscadas também parecem seguir uma preferência similar, com destaque para mulheres e educação. Proteção animal, meio ambiente e direitos humanos aparecem logo em seguida. Hoje o Atados conta com mais de 3.400 ONGs inscritas e mais de 200 mil voluntários.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp! 

Notícias relacionadas

x