Chuvas

AUMENTO DAS TEMPESTADES: Efeitos das mudanças climáticas agravam conflitos e crises de fome

Saiba mais:

30/11/2023

Por

Estudante da 5ª fase de Design, curiosa por natureza e apaixonada pelo que faz.

AUMENTO DAS TEMPESTADES: Em nove países de baixa e média renda, 86% das pessoas afirmam que as mudanças climáticas representam um problema sério para suas comunidades;

AUMENTO DAS TEMPESTADES: Efeitos das mudanças climáticas agravam conflitos e crises de fome

 

Para 60% das pessoas, as mudanças climáticas contribuem para o aumento dos conflitos em suas comunidades, especialmente devido à escassez de água, à corrupção e ao deslocamento forçado;

 

 

Na opinião de 57% dos entrevistados, as mudanças climáticas aumentam o risco de fome ou insegurança alimentar; ·A maioria dos entrevistados (99%) concorda que as mudanças climáticas levam ao deslocamento de pessoas para suas comunidades ou para fora delas.tempestades

 

 

Um relatório divulgado esta semana, antes da COP28, pela agência de ajuda internacional World Vision revela as opiniões das pessoas que vivem em regiões afetadas e que têm relação com as mudanças climáticas, os conflitos, a fome e o deslocamento forçado.

 

 

Novos dados de comunidades em nove países de baixa e média renda mostram que 86% das pessoas nessas comunidades já enfrentam uma grande variedade de riscos climáticos, e mais de 60% acreditam que as mudanças climáticas estão agravando ainda mais os conflitos em suas comunidades.

 

 

“Esta pesquisa destaca o custo de décadas de inação por parte da comunidade internacional. Os líderes precisam urgentemente pressionar por uma ação real na COP que será realizada neste mês.

 

O ano de 2023 está a caminho de ser o mais quente já registrado e as mudanças climáticas estão piorando visivelmente os conflitos violentos e a fome, forçando pessoas cada vez mais vulneráveis a se deslocarem para novas áreas em busca de pastagens, alimentos e segurança”, afirma Mary Njeri, diretora global de combate à fome da World Vision.tempestades

 

 

Esse relatório constatou que 80% dos membros da comunidade acreditam que a mudança climática piorou sua situação econômica, e quase 60% concordaram totalmente que o clima aumenta o risco de fome.

 

Os efeitos da mudança climática colocam as pessoas, especialmente os agricultores e pastores, em posições extremamente vulneráveis, o que agrava as tensões sociais em suas comunidades, à medida que tentam encontrar novas formas de sustentar suas famílias.tempestades

 

 

Os moradores das comunidades concordaram quase unanimemente que as mudanças climáticas provocam deslocamentos para suas comunidades ou para fora delas, e mais de um terço das pessoas pesquisadas (35%) afirmou ter vivenciado alguma forma de conflito nos últimos 12 meses. Muitos desses conflitos foram causados por disputas de terra (27%) ou de água (20%).

 

 

“As conclusões desse relatório são alarmantes e revelam problemas que só tendem a aumentar se não agirmos para promover a terra de Deus”, acrescenta Njeri.tempestades

 

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? Participe do nosso grupo de WhatsApp ou Telegram!

Siga nosso canal no youtube também @JDVonline

Notícias relacionadas

x