Esportes

Bolsa Atleta reforça expectativas e inclusão social por meio do esporte em SC

A expectativa agora é pela publicação do edital de seleção dos atletas e paratletas a serem contemplados com o benefício

21/01/2022

Por

Bolsa Atleta reforça expectativas e inclusão social por meio do esporte em SC

Ricardo Wolffenbüttel/Secom

O Bolsa Atleta, criado pelo governo de Santa Catarina, deve oferecer atividades paradesportivas, dentre os seus dez Centros de Atendimento Especializado, com o objetivo da prática de atividade física e atenção à saúde e aposta no esporte como ferramenta para a promoção da inclusão social.

“A notícia traz um grande alento para a comunidade esportiva e paradesportiva. Essa lei vai beneficiar muitos paratletas que sobrevivem do esporte com a ajuda dos familiares e de alguns patrocinadores – que, graças a Deus, mesmo com os dois anos de pandemia, continuaram a acreditar no potencial desses atletas e a contribuir para a continuidade de suas atividades”, afirma Jefferson Roberto Seeber, professor com licenciatura em educação física, pós-graduado em Educação Especial, coordenador do Centro de Educação Física da Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE), referindo-se à Lei n. 18.335, sancionada pelo governador Carlos Moisés no dia 10 de janeiro de 2022.

A expectativa agora é pela publicação do edital de seleção dos atletas e paratletas a serem contemplados com o benefício, que prevê bolsas entre R$ 350,00 a R$ 1,5 mil, conforme as sete categorias já definidas, totalizando investimento de R$ 8,4 milhões ao ano. O documento está sendo elaborado pelas equipes técnica e jurídica da Federação Catarinense de Esporte (Fesporte), responsável pelo desenvolvimento do programa em conjunto com as Secretarias de Estado da Fazenda, da Educação e Casa Civil.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x