Política

Butschardt fala sobre sua gestão à frente da Câmara de Vereadores de Guaramirim

“A população pode esperar de mim muita responsabilidade nos projetos e leis que vem para esta casa, porque eu tenho consciência que nós vereadores estamos aqui de passagem, mas as leis ficam, e sobra para o munícipe, e eu quero evitar esses desgastes no futuro”

21/02/2020

Por

Butschardt fala sobre sua gestão à frente da Câmara de Vereadores de Guaramirim

O presidente da Câmara de Guaramirim, Romeu Butschardt Júnior, em entrevista ao JDV falou sobre as expectativas, projetos e desafios em 2020, à frente do Legislativo, em pleno ano eleitoral. Segundo ele, a primeira medida a ser implantada é fazer uma revisão geral do regimento interno, padronizando os processos. “Há situações muito controversas dentro do regimento interno, questões muito subjetivas e que a gente por não saber ao certo fica tomando decisões por analogia em relação ao trâmite no Legislativo, com relação a datas, prazos, pedido de vistas, por exemplo”, explica.

O diálogo também faz parte da lista de prioridades de Butschardt, à frente da presidência da Câmara de Vereadores. “Eu tenho um bom relacionamento com todos aqui dentro, independentemente de partidos políticos, eu acredito no poder do diálogo, e durante a minha gestão farei o possível para conduzir todas as questões por meio de muita conversa e consenso”.

Romeu afirma também que quer deixar um legado a população por meio de leis que sejam eficazes em relação aos problemas do município para evitar problemas futuros. “A população pode esperar de mim muita responsabilidade nos projetos e leis que vem para esta casa, porque eu tenho consciência que nós vereadores estamos aqui de passagem, mas as leis ficam, e sobra para o munícipe, e eu quero evitar esses desgastes no futuro”, argumenta.

RODOVIA – Sobre o maior problema do município, Romeu não tem dúvidas que a SC 108 é a principal cobrança neste momento. “Com certeza, o nosso maior problema hoje é a fatalidade que aconteceu com a SC 108, não tenho dúvidas disso, mesmo sabendo que não é competência da Prefeitura, nem da Câmara, mas reflete em todos nós, e estamos constantemente cobrando dos nossos representantes no Estado e vamos continuar lutando por isso, essa é uma causa urgente e queremos solução”, afirma.

A bandeira de Butschardt durante o período na presidência continuará a ser a luta da ação social. “A bandeira que eu sempre levantei foi em relação aos projetos sociais, instituições, como Apae, AMA, Bombeiros, e outras redes que promovam o bem e tenham impacto na vida de quem mais precisa”, finalizou o vereador.

Notícias relacionadas

x