Geral

Central de Vacinas Covid-19 de Jaraguá do Sul atende até as 17h no fim de semana

A vacina está liberada para pessoas com comorbidades ou com deficiência permanente a partir dos 25 anos, pessoas com 60 anos ou mais e profissionais da saúde, em atuação, a partir dos 18 anos

21/05/2021

Por

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

Central de Vacinas Covid-19 de Jaraguá do Sul atende até as 17h no fim de semana

A secretaria de Saúde de Jaraguá do Sul, informa que neste sábado (22) e domingo (23), a Central de Vacinas Covid-19, que funciona no parque de eventos, terá horário reduzido: das 8 às 17 horas. Conforme a pasta, a vacina está liberada para pessoas com comorbidades ou com deficiência permanente (mental/ intelectual/ sensorial e física) a partir dos 25 anos de idade.

Leia mais

Na fase 1 serão vacinados, de acordo com o quantitativo de doses disponibilizadas, os grupos prioritários:

1. Pessoas com Síndrome de Down, a partir dos 18 anos;
2. Pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise), a partir dos 18 anos;
3. Pessoas transplantadas de órgão sólido ou de medula óssea, a partir dos 18 anos;
4. Gestantes com comorbidades*, maiores de 18 anos;
5. Puérperas com comorbidades (mulheres com até 45 dias pós parto), maiores de 18 anos;
6. Pessoas com Deficiência Permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC), a partir dos 18 anos;
7. Pessoas com Comorbidades ou com Deficiência Permanente (mental/ intelectual/ sensorial e física) a partir dos 25 anos;

Comorbidades
– Diabetes mellitus;
– Pneumopatias crônicas graves;
– Hipertensão arterial resistente (HAR);
– Hipertensão arterial estágio 3;
– Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade;
– Insuficiência cardíaca (IC);
– Cor-pulmonale e hipertensão pulmonar;
– Cardiopatia hipertensiva;
– Síndrome coronarianas;
– Valvopatias;
– Miocardites e Pericardiopatias;
– Doença da aorta, dos grandes vasos e fístulas arteriovenosas;
– Arritmias cardíacas;
– Cardiopatias congênita no adulto;
– Prótesevalvares e dispositivos cardíacos implantados;
– Doença cerebrovascular;
– Doença renal crônica;
– Imunossuprimidos ( pessoas vivendo com HIV; doenças reumáticas; pacientes oncológicos em tratamento quimioterápico e radioterápico nos últimos 06 meses; neoplasias hematológicas;
– Hemoglobinopatias graves;
– Obesidade mórbida;
– Síndrome de down;
– Cirrose hepática

Os seguintes documentos poderão ser considerados para fins de comprovação da condição (comorbidade):

– Atestado médico ou relatório médico com a indicação da condição da pessoa, contendo a descrição do CID e prazo de validade de 1 ano para as prescrições de medicamentos de uso não controlados e/ou;
– Atestado médico ou relatório médico com a indicação da condição da pessoa e/ou;
– Prescrição médica ou receitas que deixem claro a condição da pessoa considerando o prazo de validade de 1 ano para as prescrições de medicamentos de uso não controlados.

* Necessidade de original e cópia física dos documentos, pois a cópia ficará retida na Central de Vacinação Covid.

* Quem quiser, pode levar um quilo de alimento não-perecível para a campanha VacinAção Solidária, desenvolvida pela Secretaria Municipal de Assistência Social, para auxiliar as famílias em situação de vulnerabilidade social no município.

A vacinação contra a Covid-19 continua liberada para pessoas com 60 anos ou mais. Segue também a imunização dos profissionais da saúde, em atuação, a partir dos 18 anos, com comprovação da atividade.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

 

Notícias relacionadas

x