Geral

Centro de Convivência de Jaraguá foi local de bate-papo sobre inclusão

Ele citou algumas referências de atendimento dos Cras com grupos de trabalho voltados à inclusão

28/06/2022

Por

Centro de Convivência de Jaraguá foi local de bate-papo sobre inclusão

Divulgação

Mais de cem profissionais da Secretaria de Assistência Social e Habitação participaram na sexta-feira (24), no Centro de Convivência (Barra do Rio Molha), de um bate-papo sobre diversidade de gênero e inclusão. A assistente social Karina Mendes, do Cras Ribeirão Cavalo, e o secretário de Assistência Social e Habitação, André de Carvalho Ferreira, abriram o evento falando da importância de inclusão, acolhimento e respeito a todos os tipos de diversidades, como LGBTQIA+, povos indígenas, pessoas com transtorno do espectro autista e também crianças em situação de trabalho infantil.

Para debater a diversidade e a inclusão das pessoas LGBTQIA+, a assistente social Karina Mendes chamou ao palco membros do grupo de apoio LGBTQIA+ de Jaraguá do Sul e da ONG Mães pela Diversidade. Os convidados foram unânimes ao apontar o respeito e o acolhimento como principais objetivos do grupo, que relatou que sofre bastante preconceito.

Karina citou a dificuldade de inserção no mercado de trabalho como uma realidade bastante difícil de enfrentar. Outro ponto normalmente trabalhado nos Cras é a fragilização dos laços familiares.

“A Secretaria de Assistência Social e Habitação já evoluiu bastante com relação à inclusão e diversidade na Política Pública de Assistência Social. E sabemos que ainda há muito a se fazer. Um dos caminhos é o fortalecimento dos grupos de apoio”, apontou o secretário.

Ele citou algumas referências de atendimento dos Cras com grupos de trabalho voltados à inclusão, como Cras Ilha da Figueira e João Pessoa (migrantes e imigrantes), Vila Baependi (povos indígenas) e Ribeirão Cavalo e Santo Antônio (LGBTQIA+).

Para finalizar o bate-papo foi convidada a ativista em direitos humanos, Mariana Franco, transexual, mestre em História Política e referência no combate a todas as formas de preconceito. Mariana falou aos profissionais da Assistência Social sobre os direitos das pessoas LGBT, legislação e sobre como promover mais igualdade.

Na manhã de sábado (25), na Praça Ângelo Piazera houve  evento pela inclusão e diversidade. Participaram do evento o grupo de apoio LGBTQIA+, a ONG Mães pela Diversidade e organização e entidades apoiadoras.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp! 

Notícias relacionadas

x