Geral

Chiodini diz que teve mandato difícil e pede mais quatro anos de governo

O professor Chiodini relacionou as dificuldades encontradas, em especial as causadas pela pandemia, pelas chuvas e vendavais que obrigaram a decretação de situação de emergência.

28/10/2020

Por

Chiodini diz que teve mandato difícil e pede mais quatro anos de governo

O candidato à reeleição de Guaramirim, Luís Antônio Chiodini (PP), participou da transmissão “JDV em Foco” na última sexta-feira (23), dentro do projeto Especial Eleições 2020, que está ouvindo todos os candidatos a prefeito que participaram do encontro desde o início de outubro, aceitaram as regras e mandaram representantes no sorteio, condição essencial para se habilitarem. As lives vão até o dia 6 de novembro.

O professor Chiodini relacionou as dificuldades encontradas, em especial as causadas pela pandemia, pelas chuvas e vendavais que obrigaram a decretação de situação de emergência, mas também houve grandes avanços que o motivaram a pleitear um segundo mandato, “para entregar mais para o povo de Guaramirim em todas as áreas, agora com mais experiência e conhecimento”.

Na saúde, comentou que a criação do Conselho foi fundamental para as deliberações durante a pandemia da Covid-19 em relação à aplicação dos recursos e acompanhamento da situação. Disse que pretende ampliar o atendimento no setor, em especial no bairro Corticeira (que deve receber um novo posto), Avaí e Centro, pelo aumento da demanda. Citou também que foram ampliadas de sete para 24 as especialidades, a retomada das cirurgias, mais medicamentos e obtenção de R$ 30 mil para o projeto de ampliação do Hospital Santo Antônio, que exigirá recursos de R$ 2,5 milhões.

 

 

No saneamento básico, segundo Chiodini, Guaramirim foi uma das três cidades do estado que conseguiu o projeto executivo da Funasa para o esgotamento sanitário, uma economia importante, mas é preciso agora, captar recursos para execução, conforme exigência do novo marco regulatório. “Com certeza o custo chega a R$ 100 milhões, temos de estudar como viabilizar isso, quem sabe até uma concessão”, comenta.

Na água, registrou que o rompimento de redes, por conta de obras, tem trazido muitos problemas no abastecimento. A Corticeira deve ganhar um reservatório, já licitado. Nos planos está a construção de mais dois, no Bananal e Avaí. Acrescentou que no mandato foram instalados mais de 14 mil metros de rede de água em 25 ruas, além da construção de boosters para levar água às regiões mais altas.

Candidato comenta avanços e projeta mais entregas se reeleito

Na área do desenvolvimento econômico, o candidato à reeleição comentou que será lançada nova tomada de preços para venda dos lotes remanescentes na Área Industrial, no bairro Quati, e que outras áreas serão buscadas para a atração de mais investimentos nos próximos quatro anos, que gerem emprego e renda, como também infraestrutura básica.

Na educação, destacou que houve avanços significativos, com destaque a melhorias e ampliações de escolas e centros infantis, como a nova Escola Professor Dorvalino Felipe, com 12 salas, em construção. Para 2021 está prevista a abertura de 200 novas vagas em creches ao longo do ano. O município poderá adquirir vagas privadas para atender à necessidade.

No esporte, no complexo do Seleto, estão previstos investimentos de R$ 750 mil no próximo ano. Chiodini registrou que o programa de pavimentação vai continuar em todos os bairros e citou os grandes investimentos feitos no Centro, Jacu-Açu, Estrada Bananal e Caixa D’Água. “A atual administração foi quem mais pavimentou e a proposta é dar sequência no mesmo ritmo”, concluiu.

 

Receba as notícias do JDV no WhatsApp!

Notícias relacionadas

x