Geral

Coleta de dados da drenagem registra entulhos na rede pluvial em Jaraguá do Sul

Somente em 2021 o setor de drenagem já abriu 804 ordens de serviço e, destas, 160 foram para desobstruir bocas de lobo

27/05/2021

Por

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

Coleta de dados da drenagem registra entulhos na rede pluvial em Jaraguá do Sul

A coleta de informações para o Plano Diretor de Drenagem Pluvial por empresa contratada pelo Samae de Jaraguá do Sul tem continuidade, incluindo a limpeza para uma melhor leitura das informações. Na terça-feira (25), no entanto, os técnicos ficaram surpresos com a quantidade de entulhos retirado de uma boca de lobo na rua Reinoldo Rau, esquina com a rua João Marcatto.

Leia mais

 

Consoante o coordenador de drenagem, Derli Gonçalves Ribeiro, o material provavelmente veio de outro local carregado pela água em dias de chuva forte e se acumulou. Essa situação ilustra bem o que ocorre em outras regiões da cidade. A dificuldade é identificar quem e o que causou o acúmulo de material na rede, onde deveria escoar apenas a água da chuva.

“É um problema de difícil solução devido à falta de conscientização”, completa Derli.

Somente em 2021 o setor de drenagem já abriu 804 ordens de serviço e, destas, 160 foram para desobstruir bocas de lobo. E na maioria das vezes o entupimento é causado por materiais que deveriam estar na lixeira. Outra situação frequente é o esgoto doméstico que vai parar na rede pluvial e isso é crime. Também é comum encontrar nas galerias cimento usado em construções.

Para Ademir Izidoro, presidente do Samae, os casos relacionados ao acúmulo de material na rede de pluvial revela a falta de conscientização de algumas pessoas. Denúncias podem ser feitas por meio da ouvidoria da prefeitura no 156.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x