Colunas

Coluna: Homens retiram madeira que seria usada na construção da igreja São Sebastião

A foto mostra homens em pesado trabalho braçal retirando madeira que seria usada na construção da Igreja São Sebastião nos anos 50/60.  O lugar, de mata bastante fechada, não está identificado. Porém, é possível perceber que tudo era feito com uso do machado e do serrote traçador. Eram as ferramentas…

22/10/2021

Por

Coluna: Homens retiram madeira que seria usada na construção da igreja São Sebastião

Antigamente em Jaraguá do Sul/postado por Leão da Montanha

A foto mostra homens em pesado trabalho braçal retirando madeira que seria usada na construção da Igreja São Sebastião nos anos 50/60.  O lugar, de mata bastante fechada, não está identificado. Porém, é possível perceber que tudo era feito com uso do machado e do serrote traçador. Eram as ferramentas principais, exigindo um grande esforço físico de cada um. (Fonte: Antigamente em Jaraguá do Sul/postado por Leão da Montanha)

CURIOSIDADES

*Um urubu é capaz de ver um animal morto a 3.000 m de altura, utilizando sua excelente visão. E de sentir o cheiro de carniça a 50 km de distância. Ele tem a capacidade de alcançar até 2.800 metros de altitude, plainando ao sabor das correntes térmicas (ventos). O andar peculiar do urubu, dando pulinhos, é decorrente de seus pés chatos, por isso não caminha como outras aves.

*Os urubus contribuem para a manutenção e limpeza do meio-ambiente, eliminando em até 95% carcaças e ossos de animais mortos. Evitando a propagação de microrganismos que podem causar doenças aos seres vivos. O urubu come carne em decomposição sem passar mal porque seu estômago secreta um suco gástrico que neutraliza as bactérias e toxinas.

*Graças ao urubu, o antraz, uma doença grave infecciosa causada pelos Bacillus anthracis, não é propagada, impedindo que o homem seja contagiado através do contato ou contaminação do ambiente pelos cadáveres infectados. Em áreas sem urubus, as carcaças levam até três ou quatro vezes mais tempo para se decompor. Em tupi-guarani: uru – ave grande; bu – negro.

*Essas aves têm a cabeça e o pescoço nus, que evitam o acúmulo de restos alimentares nas penas durante a alimentação, o que faria com que se contaminassem com a ação dos microrganismos.

Ao contrário do que se pensa, os urubus não são animais sujos, pois passam o dia inteiro se limpando. Um urubu vive de 10 a 30 anos, de acordo com a espécie e as condições do ambiente.

* Para colocar seus ovos, a fêmea do urubu utiliza fendas ou plataformas em penhascos ou árvores ocas. Normalmente a postura é de dois ou três ovos, sendo que o período de incubação é realizado pelos pais e pode variar de 40 a 60 dias, de acordo com a espécie. A procriação ocorre uma vez por ano e a cor dos ovos é cinza esverdeada.

Pó Royal

Não tem como chamar mais a atenção das mulheres que amam cozinhar do que promover um produto casado com uma receita. Assim, o famoso Pó Royal, o fermento que atravessa gerações, lançou em abril de 1974 um anúncio com receita de Bolo Rubro. Além de apresentar o passo-a-passo da receita, deixavam a disposição um livro com várias outras, bastando os leitores enviar uma carta para uma determinada caixa postal.

 Marisa Orth

A atriz, cantora, humorista e apresentadora, Marisa Domingos Orth, nasceu no dia 21 de outubro de 1963 em São Paulo (capital). Sua primeira personagem de telenovela foi Nicinha, em “Rainha da Sucata”. Em 1997, Marisa Orth posou nua para a Playboy. A capa da edição dizia: “Marisa Orth, a Magda do humorístico ‘Sai de Baixo’.  Em 2007, Marisa Orth entra para o elenco do sitcom “Toma Lá, Dá Cá. Dois programas reprisados atualmente pelo Canal Viva (Rede Globo).

Notícias relacionadas

x