Colunas

Coluna: Prefeito Jair Franzner promoveu as primeiras mudanças no secretariado

Os bastidores indicam que a dança das cadeiras podem continuar, inclusive em outros escalões

21/06/2022

Por

Coluna: Prefeito Jair Franzner promoveu as primeiras mudanças no secretariado

Prefeito Jair Franzner promoveu as primeiras mudanças no secretariado. No Samae, Gustavo Roweder, que mal esquentou a cadeira, está sendo substituído por Alceu Moretti, que deixa a Secretaria da Saúde. Em seu lugar assume a servidora de carreira e atual diretora administrativa, Vanessa Schwirkowsky. Na Assistência Social, André de Carvalho Ferreira será substituído por Níura Demarchi dos Santos, atual diretora de Planejamento. Os bastidores indicam que a dança das cadeiras podem continuar, inclusive em outros escalões.

Migração

Alguém já atentou a migração que está acontecendo na região? Pessoas do Norte e Nordeste principalmente, têm chegado em busca de trabalho, segurança e qualidade de vida. Elas vêm atraídas pelos empregos, segundo dizem. A maioria com poucos pertences e sentem na pele o clima frio do Sul. Existe, também, migrantes venezuelanos e haitianos, os primeiros mais recentes, fugindo da crise do país de origem. Alguns migrantes, com cartazes, pedem ajuda. A Assistência Social pede que não seja dado esmolas. Ligar para 99930-1247.

Absurdo 1

Falta dinheiro para rodovias (como a duplicação da BR-280 entre São Francisco e Jaraguá), para a saúde, educação e outras áreas. Mas, não falta dinheiro suado dos brasileiros para financiar campanhas políticas. Somente para as eleições deste ano, R$ 4,9 bilhões para divisão entre 32 partidos e seus candidatos. É muito dinheiro. Sabe-se que não vai chegar para todos os candidatos. A aposta sempre recai sobre aqueles que têm maiores chances de se elegerem. Para boa parte, talvez alguns “santinhos” para divulgar as candidaturas.

Absurdo 2

A quantidade de partidos sugere, também, uma enormidade de candidatos que irão recorrer. Na região, a lista de pré-candidatos é extensa e tende a aumentar. Tem nomes novos aparecendo, principalmente para deputado estadual. Não bastassem eles, os paraquedistas de plantão já sobrevoam a região. Ganham votos, muitos em boa quantidade, mas depois esquecem, não mandam uma única “emenda” para o município. E voltam a pedir votos. O pior é que acabam ganhando votos novamente de incautos.

Dinheiro

Prefeito de Guaramirim, Luís Antônio Chiodini, está comemorando a destinação de mais uma emenda de um deputado federal, de R$ 5 milhões. Uma grana considerável. Pelo visto, ele deve ter apoio de Chiodini à reeleição, da mesma forma o governador Moisés, que tem garantido recursos consideráveis a Guaramirim na área de infraestrutura e também ao futuro Complexo Intermodal. Dinheiro público não vem de políticos bonzinhos, vem do lombo suado dos pagadores de impostos.

Saúde

A Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa realizará nesta terça-feira (21), às 9 horas, audiência pública para tratar da sobrecarga do sistema de saúde que resulta na falta de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica.  O debate foi proposto pelo deputado Vicente Caropreso. O cenário é grave. Ontem (20) a taxa de ocupação de leitos pediátricos de UTI pelo SUS era de 94,85%. A situação é ainda mais grave no caso de UTI neonatal, com 98% dos leitos ocupados, havendo apenas três disponíveis em todo o Estado.

Notícias relacionadas

x