Colunas

Combustíveis

O empresário Emilio Dalçóquio Neto, dono de uma das maiores transportadoras de Santa Catarina e bolsonarista de primeira hora, esteve com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no fim de semana em São Francisco do Sul.

17/02/2021

Por

Nascido em Blumenau, 70 anos, 55 de profissão, incluindo passagens pelo rádio. E em jornais diários como A Notícia (Joinville), Jornal de Santa Catarina (Blumenau) e O Correio do Povo (Jaraguá do Sul)

O empresário Emilio Dalçóquio Neto, dono de uma das maiores transportadoras de Santa Catarina e bolsonarista de primeira hora, esteve com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no fim de semana em São Francisco do Sul.

Ele é dono de uma distribuidora de combustíveis sediada em Itajaí, com uma frota de 600 caminhões.

Em 2018, foi um dos líderes da greve nacional dos caminhoneiros no estado, deixando toda a frota parada. Como assunto principal, o preço dos combustíveis. Dalçóquio foi cabo eleitoral de Bolsonaro em 2018.

Advertência

No encontro, junto com o senador Jorginho Mello (PL), amigo pessoal do presidente, um apelo veemente para que o governo evite aumentos dos combustíveis a toda hora.

Ambos advertiram o presidente de que não dá mais para se conceder reajustes baseados no preço do petróleo internacional do petróleo porque os caminhoneiros vão parar. O que seria catastrófico em meio a pandemia do coronavírus. Bolsonaro garantiu que está tratando do assunto como prioridade e “com dureza”.

Benditas eleições!

O senador Jorginho Melo (PL) pediu ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que fale com o ministro da Infraestrutura, Tarcisio Gomes de Freitas, sobre o atraso nas obras de rodovias federais.

Colocando-se à disposição para aprovação de emendas parlamentares que garantam recursos destinados as BR-470 e… 280! Ora, ora, aleluia! Por coincidência, em 2022 teremos eleições. E, claro, também por pura coincidência, Mello já está em campanha para governador. 

Mensagens 1

A liberdade religiosa é garantida pela Constituição de 1988 e está descrita no artigo 5º, que possui 77 incisos sobre os direitos fundamentais garantidos aos cidadãos.

 

 

É nisso que esbarra a proposição do vereador Jeferson Cardozo (PSL), para que sejam lidas, antes de iniciar as sessões, mensagens bíblicas, como ocorria em outras legislaturas.

Mensagens 2

E qual Bíblia usar? Dos católicos, evangélicos, pentecostais, luteranos? Afinal, o que há de comum entre elas é a menção de Deus.

De resto, cada uma traz interpretações diferentes, razão da existência de dezenas de igrejas de todo tipo.

E há que se perguntar: todos os vereadores seguem, na prática, o que se prega nestas mensagens no plenário da Câmara?

Vacinação

A Federação Catarinense dos Municípios (Fecam) procede a um levantamento em todos os 295 municípios catarinenses, a pedido do Ministério Público de Santa Catarina, visando definir um plano de aceleração na aplicação de vacinas contra a Covid-19.

Segundo o Ministério da Saúde, entre os dias 18 de janeiro e 7 de fevereiro, o estado recebeu 298.140 doses de vacinas contra a Covid-19. No mesmo período, 129.778 doses foram aplicadas.

A realidade

Ora, a demora tem lógica, faz sentido.

No caso da Coronavac, por exemplo, a segunda dose é aplicada em até 30 dias depois da primeira. Já a segunda dose da Oxford, em até 60 dias. Então, como acelerar o processo de vacinação diante da miséria de doses em que o estado recebeu até agora para redistribuir aos municípios, insuficiente até mesmo para imunizar apenas um dos quatro grupos prioritários?

Está explicado?

Aliás, a resposta já foi dada pelo secretário estadual da Saúde, André Motta Ribeiro, quando questionado pelos deputados da Assembleia Legislativa na semana passada.

“A velocidade da vacinação é dependente do fornecimento de vacinas, estou em busca de respostas. Tenho agenda com o Ministério da Saúde para discutir o quantitativo para o Estado, novas remessas. Temos de acelerar, senão levaremos meses para cumprir as fases iniciais”.

 

Receba as colunas e notícias do JDV no seu WhatsApp!

 

 

Notícias relacionadas

x