Geral

Concessão do Auxílio-Cidadão caiu no último trimestre em Jaraguá do Sul

É o que mostra o balanço da secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação de Jaraguá do Sul

16/11/2021

Por

Concessão do Auxílio-Cidadão caiu no último trimestre em Jaraguá do Sul

Divulgação

Nos meses de agosto, setembro e outubro houve a concessão de 8.298 benefícios do Auxílio-Cidadão, uma diferença de quase 10% em relação ao trimestre anterior. É o que mostra o balanço da secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação de Jaraguá do Sul.

A gerente de Proteção Social Básica, Bruna Nagel Pauli, aponta que de maio a julho foram concedidos 9,1 mil benefícios. “Ou seja, nos últimos três meses estamos abaixo dos três mil benefícios liberados mensalmente”, observou.

Bruna, que gerencia os trabalhos executados nos sete Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) no município, aponta que ainda existe uma demanda muito grande de atendimentos com procura de alimentação, reflexo de todo impacto econômico e social que a pandemia trouxe.

A gerente da Proteção Social Básica acrescenta que os CRAS realizam, entre outras ações e encaminhamentos, a divulgação de vagas de empregos disponíveis, cursos de formação, oficinas de qualificação, entre outros fatores, em parceria com o Sine e outras instituições, justamente para trabalhar a autonomia do usuário.

Já a expectativa do secretário municipal de Assistência Social e Habitação, André de Carvalho Ferreira é que “esse número diminua cada vez mais, para que equipes de CRAS possam reforçar o trabalho de prevenção, o trabalho coletivo e trabalhar outras estratégias com os usuários e comunidade”.

Os Cras com maior procura por demanda do benefício eventual auxílio-alimentação são o Cras Centro, Cras Vila Lenzi, Cras Santo Antônio. Em valores pagos, no mês de agosto foram R$ 425,1 mil, setembro R$ 439,3 mil e em outubro, R$ 423,9 mil.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x