Geral

Cooperativa Juriti marca assembleia presencial para o dia 30 de março

Será presencial, depois de dois anos por conta da pandemia da Covid-19

16/03/2022

Por

A Cooperativa Juriti marcou para o dia 30 de março, no Pavilhão C do Centro Esportivo Municipal de Massaranduba, as assembleias gerais ordinária e extraordinária, com a primeira chamada ao meio dia, a segunda às 13h e, persistindo a falta de quórum mínimo às 14h, com a presença mínima de dez associados. Será presencial, depois de dois anos por conta da pandemia da Covid-19.

Será feita a prestação de contas do exercício encerrado em 31 de dezembro, relatório da administração, balanço geral, demonstrativo das sobras e as suas destinações, mais a eleição do conselho fiscal para o período 2022-2023.

Em regime extraordinário, a assembleia deve autorizar a contratação de financiamentos para investimentos, comercialização e ou industrialização da produção, crédito rural, quotas-partes para aumento do capital social, Pronaf, entre outros.

Para efeito de quórum, de acordo com os estatutos, a Cooperativa Juriti tem 720 associados, dado do início de março.

Colheita da safra do arroz já está em 90 por cento

A Cooperativa Juriti já recebeu cerca de 90% da safra de arroz 2021/2022 em suas duas unidades de recepção de grãos. Na avaliação do presidente Orlando Giovanella, a produtividade tem se comportado bem, um pouco acima da safra anterior. O valor da saca estava em R$ 68,00 na sexta-feira. Na abertura era R$ 60,00 a saca.

Foi observado em algumas propriedades, conforme Giovanella, o ataque da cigarrinha, que causam prejuízos. As causas prováveis são as condições climáticas favoráveis para o desenvolvimento destes insetos.

No entanto, a preocupação maior é com o aumento do custo de produção pelas elevações dos preços dos combustíveis e insumos. “O valor já era elevado e com a crise mundial e a guerra entre Rússia e Ucrânia acaba afetando ainda mais a todos”, lamenta.

Em relação à unidade de pescado, ela já está funcionando, tanto no abate quanto na comercialização. A Cooperativa mantém postos de venda junto ao abatedouro e também na loja agropecuária.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x