Jaraguá

Delegado da Polícia Civil explica situação dos exames de CNH

O delegado Brandão alertou os vereadores para que continuem fiscalizando os trabalhos nos exames de CNH para que as irregularidades não voltem a acontecer

02/08/2022

Por

Delegado da Polícia Civil explica situação dos exames de CNH

Tiago Rosário/CMJS

O delegado da 15ª Regional de Polícia Civil, Augusto Brandão, participou da sessão de quinta-feira (28) na Câmara Municipal de Jaraguá do Sul. A finalidade foi o de explicar algumas questões relacionadas aos testes de habilitação, principalmente os da categoria B. O promotor de Justiça Aristeu Xenofontes Lenzi também esteve presente para acompanhar os assuntos debatidos.

Brandão iniciou sua fala lembrando da operação Sinal Vermelho, realizada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), que encontrou irregularidades na aplicação dos testes de habilitação, com evidências de pagamento de propina ao antigo examinador.

O delegado ressaltou que, a partir do momento em que o profissional que aplica os testes foi trocado, o índice de aprovação dos alunos na categoria B (para carros) despencou, chegando a patamares menores do que 30%, o que resultou em grandes filas de pessoas esperando por retestes. Segundo ele, os novos examinadores perceberam que as autoescolas não estavam se movimentando para aumentar esse índice.

Para mudar isso, Brandão relatou que a instituição criou um sistema de metas para as autoescolas a fim de motivá-las a aumentar o número de aprovações. Desta forma, as unidades com os melhores índices recebem o direito a 17 vagas de exames por data, enquanto as que têm índices menores recebem 13 vagas. Conforme o delegado, o trabalho está dando resultado já que a média de aprovados passou de 25,90%, em 2021, para os atuais 42,91%.

Brandão pede que Legislativo continue fiscalizando exames de CNH

O delegado Brandão alertou os vereadores para que continuem fiscalizando os trabalhos nos exames de CNH para que as irregularidades não voltem a acontecer. Ele também sugeriu ao Ministério Público, por meio do promotor Lenzi, que seja instaurado um inquérito civil público para investigar a atual conduta da 15a Regional, dos examinadores e das autoescolas a fim de averiguar a realização dos testes e garantir a lisura dos trabalhos.

Por solicitação do vereador Jeferson Cardozo, o presidente do Legislativo, Jair Pedri, afirmou que pretende também convocar as autoescolas para que elas esclareçam e deem a sua versão dos fatos aos vereadores O requerimento ainda será feito e precisará passar por votação em plenário. Se aprovado, a Câmara Municipal e as empresas combinarão a data para que o encontro seja realizado.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x