Cultura

Dia da Consciência Negra é comemorado com exposição no museu Emílio da Silva em Jaraguá

O evento é organizado pela secretaria de Cultura, Esporte e Lazer

20/11/2021

Por

Dia da Consciência Negra é comemorado com exposição no museu Emílio da Silva em Jaraguá

Divulgação/PMJS

O museu histórico Emílio da Silva de Jaraguá do Sul, comemora o Dia da Consciência Negra neste sábado (20), com a exposição “Dia Da Consciência Negra: Quem Fez, Quem Faz”. O evento é organizado pela secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel).

De acordo com o diretor de Cultura, Sidnei Marcelo Lopes, a Secel promove, tradicionalmente, evento em comemoração à Consciência Negra e, neste ano, com a retomada dos eventos ainda com restrições por causa da pandemia, retorna com a exposição já planejando um evento maior de celebração da cultura afrodescendente para 2022.

Entre os homenageados, constam nomes conhecidos na cidade como Manoel Rosa, o Mestre Manequinha; Maria Humbelina da Silva, mãe do pesquisador e patrono do museu; Infância Rosa, parteira e benzedeira; Calixto Domingos Borges, canoeiro chefe da primeira expedição do colonizador Emílio Carlos Jourdan à então Colônia Jaraguá; Maria e Ardácia Rosa, também parteiras; Pedro Adão Pereira, policial; Armelindo pipoqueiro; Antônia Oliveira, conhecida como Antônio Pitoca; Leocádio Osmar Rodrigues, auxiliar veterinário e Wenceslau Antonio da Rocha, provavelmente o primeiro negro estabelecido na região.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x