Estadual

Dia de campo vai abordar os altos custos da adubação dos arrozais

Santa Catarina permanece na segunda posição entre os estados produtores de arroz, contribuindo com aproximadamente 11% da produção nacional

12/05/2022

Por

Dia de campo vai abordar os altos custos da adubação dos arrozais

Divulgação

Santa Catarina permanece na segunda posição entre os estados produtores de arroz, contribuindo com aproximadamente 11% da produção nacional. Massaranduba, apesar de ter o título de Capital Catarinense do Arroz, não é o maior produtor do Estado, situando-se na sétima posição em área plantada, segundo a Epagri.

A maior parte da produção catarinense está no sul do Estado. Turvo tem a maior área plantada, seguido por Meleiro, Forquilhinha, Nova Veneza, Jacinto Machado, Araranguá, Tubarão e Praia Grande. Massaranduba e Guaramirim, no Norte do Estado, também aparecem na lista dos dez maiores produtores, nas posições 7 e 9, respectivamente.

Esses municípios são responsáveis por mais da metade da produção de arroz em SC. Em Massaranduba, na terça-feira, 17 de maio, será realizado um dia de campo de arroz irrigado, das 8h30 às 11h, no salão da Comunidade Nossa Senhora Auxiliadora, no Benjamin Constant, realização da Epagri com apoio da Cooperativa Juriti e Prefeitura.

Um dos assuntos é a adubação na rizicultura frente aos altos preços de mercado, com o pesquisador Dr. Marcos Campos Lima do Vale e, em seguida, o pesquisador Dr. Rubens Marschalek falará sobre as variedades de arroz Epagri. Ambos são da Estação Experimental de Itajaí.

Trata-se de um evento específico para produtores de arroz de Massaranduba, em torno de 50 pessoas, conforme o Escritório Local da Epagri.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x