Jaraguá do Sul

Dia Mundial da Reciclagem é comemorado nesta quarta-feira

Samae reforça a importância da população participar do Programa de Coleta Seletiva

17/05/2023

O Dia Mundial da Reciclagem é comemorado anualmente no dia 17 de maio. Esta data tem como objetivo conscientizar a população sobre a importância da reciclagem para a preservação do meio ambiente e para a promoção da sustentabilidade. A reciclagem é uma prática fundamental para reduzir a quantidade de resíduos que são descartados em aterros sanitários e lixões, que representam uma ameaça para o meio ambiente e para a saúde pública. Além disso, a reciclagem contribui para a economia de recursos naturais, uma vez que materiais como papel, plástico e metal podem ser reaproveitados e transformados em novos produtos.

Nesta data tão importante, o Samae de Jaraguá do Sul reforça a importância da população participar do Programa de Coleta Seletiva Saco Verde, que tem como objetivo fomentar e incentivar a reciclagem no município, por meio da separação correta dos materiais. De acordo com o presidente do Samae, Onésimo Sell, “é importante lembrar que a responsabilidade pela reciclagem não é apenas das empresas, mas também de cada um de nós, cidadãos. É preciso separar corretamente os materiais recicláveis e encaminhá-los para a coleta seletiva. Com pequenas mudanças de hábitos, podemos fazer a diferença e contribuir para um mundo mais sustentável”.

Em 2022, a média do índice de materiais recolhidos pelo Programa de Coleta Seletiva Saco Verde foi de 18,6% e nos três primeiros meses de 2023 foi de 19,8%. Esses dados mostram um aumento do volume de materiais recolhidos no município, mas ainda há um potencial, visto que em 2022 a participação da população no programa foi de 62%. A maior parte dos materiais coletados foram plásticos, papéis e metais. Após a coleta, os materiais são encaminhados para as 12 cooperativas credenciadas com a autarquia de forma gratuita, que realizam a triagem manualmente para então receberem a destinação correta.

Onésimo destaca que o trabalho realizado pelas cooperativas de reciclagem é fundamental para o programa de coleta seletiva. “Todo material recolhido acaba gerando renda para os cooperados, com a venda destes materiais. Hoje temos mais de 100 famílias que estão diretamente envolvidas com as cooperativas e tiram deste trabalho o seu sustento”, explica.

Anualmente, são distribuídos em Jaraguá do Sul em torno de 2,6 milhões de sacos verdes para incentivar a população a participar do programa. A coleta seletiva traz inúmeros benefícios sociais e ambientais como: diminui a poluição do solo, da água e do ar; mantém a cidade limpa; evita o entupimento de bueiros e alagamentos; reduz o consumo de energia; aumenta a vida útil dos aterros sanitários; diminui o risco de proliferação de doenças; e promove a inclusão social, com geração de emprego e renda para diversas famílias.

O prefeito de Jaraguá do Sul, Jair Franzner, garantiu que todos os esforços serão mantidos para que o município continue sendo referência em reciclagem para o Estado e para o Brasil. “É um motivo de orgulho e vamos continuar investindo para melhorar ainda mais estes índices”, resumiu ele.

 

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsAp

Por

Editora, analista SEO e responsável pelo conteúdo que escreve. Atenta aos conteúdos mais pesquisados do país.

Notícias relacionadas

x