Jaraguá

Doação de leite humano beneficiou 508 bebês no ano passado em Jaraguá do Sul

Leite é analisado, testado e doações não permanentes

18/05/2022

Por

Doação de leite humano beneficiou 508 bebês no ano passado em Jaraguá do Sul

WeArt/Divulgação

Quinta-feira, 19 de maio, é o Dia Mundial da Doação de Leite Humano. Os estoques dos Bancos de Leite Humano (BLH) são mantidos pela doação das mulheres lactantes. Então, a ocasião reforça a importância desse ato de generosidade para ajudar as pequenas vidas que, por algum motivo, ainda não podem contar com o leite da própria mãe para se alimentar.

Neste ano, o tema escolhido para reforçar a campanha de doação no Brasil foi “Gotas de Amor para um Mundo melhor”. Para a enfermeira Laudineia Lessa, que atua no BLH do Hospital Jaraguá, o tema deste ano ajuda a desconstruir a crença de que a mãe precisa doar uma quantidade muito grande para ajudar.

“O leite humano é considerado o melhor alimento para as crianças, então, cada gotinha é muito valiosa para os bebês prematuros que precisam”, garante.

E de gota a gota, o BLH do Hospital Jaraguá distribuiu 570 litros de leite humano só no ano passado. O volume beneficiou 508 bebês internados na Maternidade. Para realizar este trabalho, o setor recebeu a doação de 496 mamães lactantes, que se comprometeram com a causa doando o próprio leite em benefício de outros bebês.

“As doadoras de Jaraguá do Sul, Corupá, Massaranduba, Schroeder e Guaramirim também podem doar o seu leite sem precisar sair de casa. Todas as quintas-feiras a nossa equipe passa nas residências para buscar o leite retirado ao longo da semana. Elas recebem todas as instruções sobre como proceder para manter o leite apto para doação”, conta a enfermeira.

Leite é analisado, testado e doações não permanentes

Todo leite doado a um Banco de Leite Humano é analisado, pasteurizado e submetido a um rigoroso controle de qualidade. Após este processo, o alimento é estocado em freezers e pode ser consumido pelas crianças por até 6 meses. Os vasilhames também são etiquetados para garantir a procedência e o prazo de validade.

O leite é distribuído aos bebês prematuros internados. De acordo com Laudineia, geralmente as crianças que contam com este alimento tem baixo peso, menos de 2,5 quilos e patologias, principalmente do trato gastrointestinal.

O primeiro passo é entrar em contato com o BLH mais próximo para receber as primeiras instruções do processo de doação de leite humano. As mamães lactantes da região de Jaraguá do Sul podem entrar em contato com o BLH do Hospital Jaraguá pelos números (47) 3274- 3053 e (47) 9 9992 6197 – WhatsApp.

Foto: WeArt/Divulgação.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x