Mundo

Dois terremotos seguidos matam pelo menos 20 pessoas e deixam mais de 300 feridas no Paquistão

Segundo as equipes de resgate, a maioria das vítimas são mulheres e crianças

07/10/2021

Por

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

Dois terremotos seguidos matam pelo menos 20 pessoas e deixam mais de 300 feridas no Paquistão

Naseer Ahmed/Reuters

Dois terremotos seguidos de magnitude 5,9 e 4,6 atingiram o sul do Paquistão nesta quinta-feira (7) – horário local e noite de quarta (6), no Brasil. Pelo menos 20 pessoas morreram e mais de 300 ficaram feridas. 

Segundo as equipes de resgate, a maioria das vítimas são mulheres e crianças. As autoridades temem que o número de mortos aumente porque mais de 100 casas feitas de barro e terra batida desabaram. 

Harnai foi a cidade mais atingida, onde a falta de estradas pavimentadas, eletricidade e sinal de celular dificultam o resgate. O município montanhoso fica perto da fronteira com o Irã e Afeganistão. 

(Foto: G1 Mundo)

A outra cidade atingida foi Quetta, onde vivem cerca de 1 milhão de habitantes e muitos, em construções precárias. A cidade foi atingida por um terremoto que matou mais de 30 mil pessoas em 1935.

“Há informações de que 15 trabalhadores ficaram presos em uma mina de carvão nas proximidades de Harnai”, afirmou o ministro do Interior da província do Baloquistão, Mir Zia ullah Langau.

Uma equipe foi enviada à mina para ajudar no resgate. Por lá, é comum trabalhar durante a noite, pois a temperatura é mais amena. 

O primeiro-ministro paquistanês, Imran Khan, determinou uma avaliação imediata dos danos e manifestou condolências às famílias que perderam parentes, acrescentando: “Determinei ajuda imediata, de forma emergencial, para as vítimas do terremoto”.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp ou CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de Telegram!

Notícias relacionadas

x