Geral

‘Espaço Padre Aloísio’ dará mais conhecimento sobre a vida do Servo de Deus

O Espaço Padre Aloísio, em seu conjunto, é um caminho que permite ao fiel visitante e romeiro mergulhar na vida e obra do Servo de Deus

23/06/2022

Por

‘Espaço Padre Aloísio’ dará mais conhecimento sobre a vida do Servo de Deus

Arquivo/JDV

Está confirmado para o dia 17 de julho a inauguração oficial do Espaço Padre Aloísio, no bairro Nereu Ramos, ao lado da Igreja Matriz Nossa Senhora do Rosário. Planejado há anos pelo instituto responsável pela causa de beatificação do Servo de Deus Padre Aloísio Boeing, o espaço foi construído com o apoio do empresário e Waldemar Zanotti e sua esposa Marili e diversos colaboradores. O evento iniciará com a missa de ação de graças, às 15h, na Paróquia Nossa Senhora do Rosário, seguida da bênção e abertura do Espaço Padre Aloísio.

Além do local da sepultura, o Espaço Padre Aloísio também contemplará uma capela de adoração ao Santíssimo, um memorial com lembranças, utensílios e objetos do Servo de Deus, além da própria sede do Instituto Padre Aloísio. O roteiro termina na Casa do Padre Aloísio, na qual ele viveu seus últimos anos. A casa é considerada um memorial vivo, onde o devoto faz a experiência mais direta com o Servo de Deus.

O Espaço Padre Aloísio, em seu conjunto, é um caminho que permite ao fiel visitante e romeiro mergulhar na vida e obra do Servo de Deus. O devoto, ao entrar em contato com o espaço físico, é tomado por algo especial. Ele é imediatamente atraído a continuar a caminhada, conhecer mais e aprofundar a experiência de encontro com os ambientes onde viveu uma pessoa de Deus. Nasce nele o desejo de maior santidade e conversão.

Processo de beatificação corre no Vaticano, sede da igreja católica

“O Padre Aloísio transmitia otimismo e inspirava a confiança em Deus para a superação de qualquer problema ou dificuldade na vida. Ele ajudava as pessoas a acreditar na cura e na vitória sobre os problemas. Ter esse espaço para celebrar seu legado e dar segurança às suas relíquias será fundamental na Causa Geral de Beatificação e Canonização, que hoje corre no Vaticano”, relata o Padre Léo Heck, SCJ, presidente do Instituto Padre Aloísio. Em 2013 foi aberto oficialmente o processo de beatificação e, em 2015, foi encerrada a fase diocesana e iniciou-se a fase romana.

(Foto: Reprodução)

Primogênito de uma família cristã, ele nasceu em 1913 em Imaruí, município que hoje pertence a São Martinho, no Sul do Estado. Com missa e terço diário, Aloísio cresceu em um ambiente de piedade e acolhimento. Com onze anos, aos 11 de fevereiro de 1925, incentivado pelo pároco, ele saiu de sua terra natal, com mais outros três colegas, rumo ao sacerdócio.

Em abril de 1985 assumiu os cuidados pastorais da Igreja Nossa Senhora do Rosário, em Nereu Ramos, onde permaneceu até sua morte, ocorrida no dia 17 de abril de 2006, sendo sepultado no jardim lateral do templo. Seu túmulo tornou-se um lugar de peregrinação e a casa onde viveu e faleceu local de visitação.

No dia 17 de cada mês, além do atendimento durante todo o dia, acontecem as Santas Missas às 7h, 15h e 19h30. Quando a data cai no sábado, a missa da noite é celebrada às 19h. Se for em um domingo, as missas são às 7h, 9h30, 15h e 19h. Informações sobre as celebrações e sobre como ajudar na causa de beatificação podem ser obtidas no site www.padrealoisio.org.br.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x