Santa Catarina

Estudante que danifica escola terá de pagar pelo prejuízo

O conserto deverá ser pago pelo estudante que causou o prejuízo, ou pelo seu responsável legal.

22/12/2022

Por

Editora, analista SEO e responsável pelo conteúdo que escreve. Atenta aos conteúdos mais pesquisados do país.

Estudantes de escolas públicas de Santa Catarina que danificarem, de forma intencional, a estrutura, instalações, móveis, equipamentos ou qualquer outro objeto de unidade educacional, agora terão que arcar com o prejuízo. É o que prevê projeto de lei aprovado pelo plenário da Assembleia Legislativa, na semana passada. A matéria segue agora para sanção do governador do Estado para ser transformada em lei.

O autor da proposta, deputado Ivan Naatz, justifica a medida como forma de “dar um freio a atos de violência e vandalismo praticados por alunos que não respeitam a integridade da unidade de ensino que frequentam”.

Pelo texto do projeto aprovado a direção escolar ficará responsável de relatar os danos por meio de registro de ocorrência policial na delegacia mais próxima, munida de imagens fotográficas ou filmagens comprobatórias. Uma cópia do material também será enviada para órgão público competente, que deverá elaborar três orçamentos para a recuperação dos prejuízos.

O conserto deverá ser pago pelo estudante que causou o prejuízo, ou pelo seu responsável legal.

 

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x