Estadual

Fenômeno La Niña deve influenciar condições de chuva no próximo trimestre em SC

A previsão é da climatologia da Defesa Civil de Santa Catarina

02/08/2022

Por

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

Fenômeno La Niña deve influenciar condições de chuva no próximo trimestre em SC

Freepik

O próximo trimestre, que corresponde aos meses de agosto, setembro e outubro, compreende o período entre o final do inverno e início da primavera no hemisfério Sul.

Segundo a climatologia da Defesa Civil de Santa Catarina, agosto é o mês que normalmente são esperados os menores acumulados de chuva do ano no Estado, oscilando em torno dos 100 milímetros em todas as regiões.

Em setembro, a precipitação média aumenta em Santa Catarina, ficando com valores próximo a 200 mm no Oeste e de 150mm no Planalto Sul e Vale do Itajaí.

Já em outubro, a precipitação média chega ao máximo no Oeste ultrapassando os 200mm. Nas demais regiões, o acumulado de chuva aumenta gradualmente.

Ao longo do trimestre, o fenômeno La Niña segue ativo influenciando negativamente as condições de chuva no período entre o fim do inverno e início da primavera.

Com relação às temperaturas, os eventos de frio não devem ser muito longos. Dessa forma, a previsão é que as temperaturas fiquem dentro e acima da normalidade, mas há possibilidade de frio tardio até meados da primavera.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x